Condenação de Oziel Barros provoca “baixa” na chapa de deputado estadual
   24 de março de 2017   │     17:14  │  0

Ex-prefeito e ex-vereador do município de Pilar, foi condenado esta semana por improbidade administrativa, num processo em que é acusado de praticar crimes usando o dinheiro público no valor de cerca de R$ 1 milhão.

Na ação, que foi apresentada pelo Ministério Público Estadual, Oziel Barros é acusado de cometer várias irregularidades – da aquisição de material sem licitação a gastos excessivos com combustíveis e locações de veículos para uso particular.

O juiz Sandro Augusto Santos acatou o pedido do Ministério Público Estadual e condenou o político ao ressarcimento aos cofres públicos e pagamento de multa.

Com a condenação, Barros torna-se inelegível e provoca uma baixa importante na chapa “intermediária” de deputado estadual que está sendo articulada pelo presidente do PRTB, Adeilson Bezerra.

Além de Oziel, a chapa tem outros nomes conhecidos na política de Alagoas, entre eles Ângela garrote, Conceição Tavares, David Maia, Gilmar Dentista, Jô Clemente, Bruno Loureiro, Breno Albuquerque, Toninho Lins, Doge do Queiro, Cidoca e Flávio Targino.

Barros, no entanto, ainda pode recorrer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *