Rui Palmeira acusa Estado de dificultar sua gestão
   11 de abril de 2017   │     16:15  │  6

O jornal O Estado de São Paulo publicou, no domingo, 9, reportagem especial sobre a política de Alagoas. O governador Renan Filho (PMDB), como antecipei aqui (http://wp.me/p6TEFy-3T3) revelou uma posição pragmática em relação ao governo Michel Temer (PMDB): se mantém aliado, apesar das divergências e críticas feitas pelo senador Renan Calheiros (PMDB).

Na mesma edição, o Estadão também ouviu Rui Palmeira (PSDB). Apontado como principal adversário do governador, o prefeito de Maceió acusou o Estado de “dificultar a sua gestão”. Não disse como, nem porque.

As principais críticas de Rui Palmeira, no entanto, foram para o senador Renan Calheiros.

Veja a reportagem:

Adversário da família Calheiros diz que Estado dificulta gestão

MACEIÓ (AL) – Principal adversário da família Calheiros atualmente, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), observa que o senador sempre “pula do barco” quando não vê futuro político em um grupo.

“Renan é governo desde Cabral. Foi líder do Collor, mas na hora em que o barco afundou votou pelo impeachment. Estava com a Dilma, quando viu que não dava, se agarrou a Temer”, afirma. “Agora, já sente que Temer, com essas reformas impopulares, está sem força, então começa a olhar para frente”, completa. “Ele olha para 2018 e vê que a alternativa é abraçar Lula.”

Palmeira diz que, desde as eleições municipais no ano passado, Renan deixou de lado o estilo “esfinge” e “racional” para bater boca em rádio e cobrar empenho de vereadores para atacar a prefeitura. O prefeito reclama que o governo do Estado e o grupo do senador tentam dificultar sua gestão.

Leia aqui, na íntegra: http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,adversario-da-familia-calheiros-diz-que-estado-dificulta-gestao,70001732231

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Carlos Ferreira

    Atrapalha a gestão? Qual gestão?
    No primeiro mandato não fez nada e a estratégia foi apagar o programa de governo da internet.
    E no segundo mandato em 100 dias Maceió ta SEM nada! Não executou ou começou a executar uma promessa!

  2. Nelson

    Na minha opinihão o Rui e o Ciço deixarão um grande legado de suas administrações a frente da Prefeitura de Maceio. É aquela 1 km de pista que vai do Hotel Ritz até o antigo restaurante Bem. O ciço gastou todo seu segundo mandato, e o Rui um mandato e meio, ou seja dez anos pra construir aquele pedaço de pista que é de fazer inveja a engenharia de estradas do Japão e da Alemanha. Nunca vi nada tão mal feito na minha vida. Ruii, mande colocar um asfalto nivelado naquele trecho antes que algum carro caia naquele riacho podre que desagua no mar.

  3. Junior

    Pra vc Tony,não tô aqui p defender ninguém,mas vc sim, até sua defesa é cheia de desconhecimento,pois se Rui não tivesse feito uma boa gestão não tinha ganho,é mesmo com Renan filho sendo contra.vejo q há uma confusão nas suas afirmações…

  4. Tony

    Rui Palmeira, no início da sua primeira gestão, teve como aliado o ex-governador Teotônio Vilela Filho, do seu Partido e nada fez. Sua administração começou a alevancar no Governo Renan Filho e com o apoio do Senador Renan Calheiros, que abriu as portas dos Ministérios para Rui Palmeira. Quisera o ex-prefeito Cícero Almeida ter tido o apoio do governo do estado que Rui Palmeira tem recebido. Lamentavelmente, a ambição política cega Rui e prejudica a população maceioense. Rui e sua equipe só pensa em fazer caixa, com aumento da receita e criação de novos impostos e taxas.

Comments are closed.