Rui Palmeira engrossa o tom e acusa Temer de fazer “teatro” em visita a Maceió
   22 de julho de 2017   │     16:57  │  1

Em meio a dificuldades financeiras na prefeitura, com problemas que vão de buracos nas ruas a greve dos servidores, o prefeito de Maceió voltou a fazer duras críticas ao governo de Michel Temer.

No dia 10 de julho, depois de retornar de Brasília onde foi em busca de recursos e só conseguiu promessas, Rui Palmeira defendeu o rompimento do PSDB com o governo Michel Temer. Na sexta-feira, 21, em entrevista ao UOL, o prefeito engrossou o tom e acusou o presidente de ter feito “teatro” durante visita que fez a Alagoas, no final de maio.

Após os estragos causados pelas chuvas, Temer prometeu liberar recursos para ajudar a prefeitura de Maceió. Até agora, segundo o prefeito, os recursos não chegaram.

“Já tem dois meses, e a coisa não acontece. É muito frustrante! A gente vai a Brasília, ouve promessa, se reúne com ministros, vem aqui o presidente da República fazer todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando”, disse o prefeito ao UOL.

Leia a reportagem do UOL:

Prefeito de Maceió diz que Temer fez “teatro” em visita após estragos causados por chuva

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), fez duras críticas nesta sexta-feira (21) ao governo do presidente Michel Temer (PMDB). Ele definiu como “um teatro” visita de Temer e ministros no final de maio, após grande volume de chuvas provocar estragos em cidades de Alagoas e Pernambuco. Ao comentar a demora na liberação de recursos emergenciais prometidos na ocasião, Palmeira falou em “burocracia idiota”.

“Já tem dois meses, e a coisa não acontece. É muito frustrante! A gente vai a Brasília, ouve promessa, se reúne com ministros, vem aqui o presidente da República fazer todo aquele teatro com um monte de ministros e não sai nada. Isso vai cansando. Beira a irresponsabilidade a atitude do governo federal em relação não só a Maceió, mas sei que Recife está a mesma coisa. Ficam enrolando não o prefeito, mas a população, porque vão lá e dizem é hoje, é amanhã. Aí manda agora tirar foto, fazer vídeo. Isso porque é emergencial, imagina se não fosse”, disse o prefeito.

Temer visitou Maceió e o Recife na noite do dia 28 de maio, um dia após as maiores precipitações registradas no ano nas duas cidades. Em Maceió, ele fez uma reunião rápida, que não durou meia hora, e, na saída, disse que iria liberar recursos emergenciais, mas não informou valores ou prazos.

Segundo a Defesa Civil municipal, a capital alagoana sofre com chuvas acima da média desde abril. A média histórica de abril a julho é de 1.256 milímetros, mas até hoje foram registrados 1.767,6 mm –40,7% a mais.

Leia aqui, na íntegra:

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/21/prefeito-de-maceio-diz-que-temer-fez-teatro-em-visita-e-impoe-burocracia-idiota-por-verba-emergencial-pos-chuva.htm

 

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Heleno

    Prefeito fraco. Depois de sete anos abandonando os problemas estruturais da minha cidade, restou a esse garoto despido de competência a cuia e a humilhação por migalhas do Planalto.
    Se tivesse agido como gestor de verdade, estaria mandando o Temer, et caterva, às favas…

Comments are closed.