Luciano Barbosa torce para Rogério Teófilo acertar em Arapiraca
   31 de julho de 2017   │     12:22  │  1

Engana-se quem imagina que o vice-governador e secretário estadual de Educação, Luciano Barbosa, trama para prejudicar a gestão de Rogério Teófilo na prefeitura de Arapiraca.

Os dois, como se sabe, estão em grupos diferentes. Mas se tratam, como deve ser, com civilidade democrática.

Talvez por isso, LB tenha escolhido o momento certo para mandar um recado para quem pensa diferente: “Não confunda discordâncias políticas, próprias da democracia, com desavenças pessoais”.

O recado do vice-governador, pelas redes sociais, chega justo no instante em que a prefeitura de Arapiraca enfrenta uma crise financeira que provoca desgastes na imagem de Teófilo.

Luciano Barbosa poderia aproveitar para “bater”, mas preferiu apontar para outro alvo: o que mais importa é Arapiraca e a educação de suas crianças.

Leia a mensagem de Luciano Barbosa, na íntegra:

“Como responder não ofende, quero dizer que não sou desafeto do prefeito de Arapiraca. Não confunda discordâncias políticas, próprias da democracia, com desavenças pessoais. E mais, eu não torço pelo quanto pior, melhor. Não preciso do fracasso dos outros para ter sucesso na vida. Pelo contrário, desejo que tudo seja resolvido e nossas crianças não sejam condenadas à ignorância e ao obscurantismo pela falta de educação. O que está em jogo não é a política miúda entre políticos, mas o futuro de uma cidade e de seus cidadãos. Torço, sinceramente, para que através do diálogo entre os professores e a prefeitura se encontre uma solução para o problema. Isso é o que mais importa”.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. VALDECK

    O Secretário de Educação no alto de sua inacessibilidade, torcer para que o prefeito de Arapiraca chegue a um acordo com os professores são meras palavras ao vento, visto que nunca sentou com a categoria, nem com o Sinteal. Propala uma Educação de via única, sem respaldo aos professores, sem valorizá-los, preferindo a forma precarizante da monitoria, sem nomear reserva técnica, nem aventa concurso público com número de vagas condizentes com a real necessidade.

Comments are closed.