O último tombo: Temer “manda” demitir amigo de Renan em Alagoas
   26 de agosto de 2017   │     20:56  │  2

A superintendência regional da Conab foi criada em Alagoas em outubro de 2008. Nesses quase 9 anos, quem esteve à frente do órgão no Estado foi Elizeu José Rego.

Alagoano de Capela, funcionário de carreira da Companhia Nacional de Abastecimento, Elizeu trabalhava na Conab de Pernambuco e veio para Alagoas para implantar a Sureg da companhia, que logo se transformou em referência nacional.

Desde então ele tem se mantido na superintendência do órgão, passando por diferentes governos e sendo sustentado no cargo pela bancada federal de Alagoas – com a ajuda do PMDB, PP e outros partidos.

Elizeu, ao que se sabe, deve continuar na Conab, não mais como superintendente. Ao que se sabe, o novo superintendente será Lourival Magalhães, que atualmente é gerente substituto na Conab-AL.

Ele é considerado um dos melhores técnicos da companhia em todo o Brasil, com trânsito em diferentes setores públicos e da política de Alagoas e Brasília. Foi assim que conseguiu assegurar investimentos na agricultura familiar do estado acima de R$ 20 milhões por ano.

Pesou para a saída de Elizeu o fato de ser amigo do senador Renan Calheiros – o que nenhum dos dois esconde ou escondeu.

Se antes ninguém queria tirá-lo de lá pela aproximação com o senador, agora ocorre justo o contrário. A determinação do Palácio do Planalto é retaliar Renan Calheiros onde for possível.

A “queda” de Elizeu, no entanto é uma das últimas, senão a última.

Desde que aumentou o tom de críticas contra o governo de Michel Temer, Renan vem sendo “punido” pelo presidente e todos os seus apadrinhados já foram exonerados de cargos em Brasília e Alagoas.

Apesar disso, revela um influente alagoano que já ocupou cargos federais em Brasília, Renan continua com bom trânsito, não só em alguns ministérios, mas em outras várias instâncias de poder em Brasília: “o Renan tem amigos em praticamente todos os setores e consegue influenciar principalmente decisões no Congresso Nacional. Mesmo contra a vontade do Palácio do Planalto, ele continua forte na política nacional”, aponta.

Campeão do PAA

Com Elizeu, a Conab de Alagoas chegou a executar em 2015 projetos de R$ 27 milhões somente no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Foi o maior volume de compras da agricultura familiar em todo o Nordeste. Em média, ele conseguia viabilizar mais de R$ 30 milhões de recursos para atender agricultores familiares do Estado.

Este ano, com a crise em Brasília (e quem sabe com uma pitada de retaliação), a Conab de Alagoas só conseguiu executar R$ 2,5 milhões do PAA.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Guilherme Falcão

    Prezado,

    Por que será que você não fala do rombo da Saúde? Da matéria do Fantástico? Ah … se fosse o governo do Rui Palmeira ou de outro sem ser da família Calheiros, já estaria metendo o pau …

Comments are closed.