RF sai em defesa de RF: “é preciso mostrar também o que é bom”
   28 de agosto de 2017   │     23:01  │  1

Esclareço logo o título: trata-se do prefeito do município de Pilar, Renato Filho, que decidiu sair em defesa do governador Renan Filho. RF defende RF num episódio que ganhou as redes sociais nesta segunda-feira, 28, após reportagem do Fantástico sobre o HGE.

De novo, velhos problemas. A superlotação e a falta de insumos. Tudo isso misturado com informações da operação Correlatos, da PF e CGU, que investiga supostas fraudes em licitação com recursos do SUS em quatro Estados: AL, PE, SE e DF.

O problema, aponta Renato Filho é que as informações passaram a ser usadas por adversários do governador para tentar atacar o governo: “Desde que assumiu o Governo, Renan Filho está colocando Alagoas na contramão da crise. Na saúde, o governador tem investido em melhorias da rede já existente, além de ter iniciado a construção de vários hospitais na capital e no interior”, aponta.

Diferente do governador, o prefeito evitou críticas à imprensa. Mas faz questão de dizer que também é preciso mostrar o que está dando certo, o que é bom: “Infelizmente, alguns setores da imprensa só repercutem fatos negativos e esquecem de mostrar as ações positivas do governo, a exemplo do esforço que é feito para melhorar áreas como saúde, educação e segurança, que o governador tem feito, sem deixar de fazer importantes investimentos na infraestrutura”, afirma Renato Filho.

Que apurem e que punam

Ao conversar com jornalista, nesta segunda-feira, como registrou o portal Gazetaweb (http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2017/08/renan-filho-minimiza-problemas-na-saude-e-reclama-da-atuacao-da-imprensa_39394.php) o governador reclamou da imprensa: “Não falta dinheiro na saúde para aquisição de remédio e o HGE bate recorde de atendimento. Isso é que precisa ser dito”, reagiu Renan Filho.

Depois, em seu gabinete, o governador revelou durante reunião com alguns assessores que a PF e a CGU devem apurar, por meio da operação Correlatos, os problemas existentes e apontam os culpados.

Ele, no entanto, teria lembrado na conversa que Rosângela Wyszomirska , até onde todos sabem, é uma servidora honesta. O problema apontado na Secretaria de Saúde, segundo uma fonte que acompanhou a conversa, o de fracionamento – é considerado uma irregularidade no modo de aquisição dos produtos e na avaliação do governador deve ser apurada. “Nesse momento a suspeita é de irregularidade do ponto de vista formal, mas ao que se saiba os produtos foram comprados a preços de mercado e entregues. O governador tem todo interesse na apuração, que deve incluir todo o período em que esse procedimento vinha sendo utilizado, ao que se sabe, desde 2010”, diz a fonte.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Vitor Virgilio de Araujo

    As coisas que são boas não estão sendo mostradas? estão sim!!
    Estão sendo mostradas as milhares de compras sem licitação (que deveria ser exceção e virou regra),as cortinas de 30 mil reais entre outras fraudes e corrupção que acontece no governo estadual. Tudo isso é bom para o Renan Filho e sua gangue!
    ISSO É A COISA BOA(apenas para o governo)!!!!!!!

Comments are closed.