O “acerto” de RF e Renan: Lula é o político com maior aprovação do Brasil
   30 de agosto de 2017   │     15:24  │  0

Na terça-feira, 22, quando Lula desembarcou em Alagoas para percorrer o estado com a sua “caravana”. Muitos analistas políticos e, especialmente, pessoas proeminentes da classe média tentavam entender porque o governador Renan Filho e o senador Renan Calheiros estavam na primeira fila da recepção ao ex-presidente.

“O que será que os Calheiros estão pensando? Receber esse homem é um tiro no pé”, me confidenciou um importante líder do setor produtivo.

De fato, entre as faixas da população com maior renda e escolaridade, Lula e o PT continua tão rejeitado quanto antes. Mas algo vem mudando. Sabe-se lá como, a aprovação do ex-presidente voltou a aumentar.

Pesquisa Ipsos deste sábado, 26, mostra que Lula é, entre os políticos brasileiros conhecidos nacionalmente, o que tem melhor aprovação popular.

Renan Filho e Renan Calheiros fizeram uma escolha que não é das mais fáceis.

Resolveram descolar a imagem de Michel Temer – o político mais rejeitado da história (na pesquisa Ipsos a reprovação do atual presidente é de 93%) – mesmo com os riscos de retaliação do Palácio do Planalto.

Colar a imagem em um líder, que apesar da forte rejeição em alguns segmentos da população, desponta como favorito no Nordeste, foi uma opção “natural”.

A decisão de RF e Renan foi, aparentemente, acertada para o momento hoje. Quanto ao futuro, eles terão que esperar e torcer para que Lula continue crescendo. Mas essa, é outra história.

Veja texto de O Cafezinho sobre a aprovação de Lula:

Ipsos: aprovação a Lula cresce, reprovação cai

O ex-presidente Lula ainda é o político que tem os maiores índices de aprovação popular, dentre todos: 32% dos brasileiros, segundo pesquisa divulgada ontem pelo instituto Ipsos, aprovam o petista totalmente ou um pouco.

A reprovação ainda é alta, de 66%, porém menor que a de todos os caciques tucanos mais conhecidos, como Aécio (que tem 91% de reprovação e apenas 3% de aprovação), Serra e Alckmin.

Na pesquisa anterior, de julho, a pontuação de Lula era a seguinte: 29% de aprovação e 68% de reprovação.

João Dória é o tucano melhor posicionado, mas é porque é o menos conhecido: 28% dos entrevistados disseram não conhecê-lo.

Mesmo assim, a comparação com a pesquisa de julho, do mesmo instituto, mostra que a reprovação Doria cresce exatamente na medida em que a população o conhece: em julho, ele tinha 45% de reprovação, 17% de aprovação e 38% não o conheciam.

Nessa pesquisa de agosto, a reprovação a Doria cresceu para 52% (alta de 7 pontos), sua aprovação oscilou 2 pontos para cima, enquanto o percentual dos que não o conhecem caiu 10 pontos, para 28%.

Ou seja, para cada 10 brasileiros que passam a conhecer Dória, 7 passam a reprová-lo e apenas 2 a aprová-lo.

Veja aqui, na íntegra

http://www.ocafezinho.com/2017/08/27/ipsos-aprovacao-lula-cresce-reprovacao-cai/