Renan desabafa contra “métodos ilegais” das delações
   8 de setembro de 2017   │     19:57  │  1

Em nota publicada nas redes sociais, Renan Calheiros comentou os fatos divulgados esta semana, envolvendo a Procuradoria Geral da República.

Alvo de vários inquéritos da PGR, a maioria deles oriundos de delações premiadas, o senador do PMDB diz que o procurador (Rodrigo Janot) “acusou sem provas, perseguiu pessoas e multiplicou investigações sobre os mesmos assuntos”.

Renan Calheiros diz ainda que “o grupo de procuradores e os métodos ilegais subjacentes às negociações da J&F são os mesmos das delações de Nestor Cerveró, Delcídio Amaral e Sérgio Machado, orientados a citar meu nome indevidamente e gravar conversas sem autorização judicial para escaparem impunes”.

Leia a nota, na íntegra:

Os fatos que jogam graves suspeitas sobre a conduta de Janot nos acordos de delação confirmam o que alerto desde o início. O procurador generalizou as acusações, tentou mostrar que todo mundo é corrupto, acusou sem provas, perseguiu pessoas e multiplicou investigações sobre os mesmos assuntos.

Agora ficou claro o motivo. O grupo de procuradores e os métodos ilegais subjacentes às negociações da J&F são os mesmos das delações de Nestor Cerveró, Delcídio Amaral e Sérgio Machado, orientados a citar meu nome indevidamente e gravar conversas sem autorização judicial para escaparem impunes. Foi com base na gravação armada feita por Machado que o procurador pediu a prisão do presidente de um Poder, atirando o país numa crise institucional. De tao frágil o inquérito derivado dessa delação foi arquivado pela PF.

O que acho muito estranho é o procurador só ter “descoberto” as relações do seu braço direito na PGR com os bandidos na última quinta-feira. O que se vê é um espetáculo de mau caratismo e desonestidade sem precedentes. Espero que tudo se esclareça e que todos os corruptos, inclusive os travestidos de paladinos da ética, sejam, enfim, conhecidos.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Vitor Virgilio de Araujo

    ta bom… depois desse desabafo do Renan eu acredito na inocência dele!!! Aliás… na inocência do lula, do Temer, do Aécio, do Eduardo Cunha, do Delcídio e de todos que ja foram condenados ou que estão para ser!

Comments are closed.