Marx Beltrão tem, nesta segunda, chance de demonstrar força em Brasília
   17 de setembro de 2017   │     23:20  │  0

A Cooperativa dos Produtores de Leite de Alagoas e a Cooperativa Pindorama realizam, nesta segunda-feira, a partir das 8h, café da manhã com o ministro do Turismo.

Também foram convidados representantes do governo do estado e da bancada federal.

Em pauta, o pendura federal. O Ministério do Desenvolvimento Social ainda não repassou nenhum centavo dos R$ 30 milhões previstos para o programa do leite este ano em Alagoas.

Será uma grande oportunidade para Marx Beltrão reafirmar sua força e influência na Esplanada dos Ministérios.

O ministro, como se sabe, costuma ir além da atuação na sua pasta e frenquentemente anuncia liberação de recursos de outras Pastas para alguns municípios do interior.

O caso que ele vai tratar já é conhecido: as ameaças à continuidade do Programa do Leite em Alagoas.

Até agora, os únicos pagamentos feitos aos produtores foram com a contrapartida do governo do estado. Ainda assim, mais de 3 mil agricultores familiares estão há quase três meses sem receber nada. Os gestores do programa avisam que não dá para segurar nem mais uma semana.

Tudo pronto

O MDS, ao que se sabe, já está com dinheiro em caixa e com os processos prontos para fazer a liberação dos recursos. Pelo menos é o que assegurou a equipe técnica do ministro ao alagoano Ricardinho Santa Rita, essa semana. Com bom trânsito na Esplanada, ele foi acompanhar o processo a pedido de alguns prefeitos – entre eles Marcelo Lima, de Quebrangulo. “Agora, é uma decisão política. Acredito que o Marx definirá isso com Osmar e poderá anunciar a liberação já na próxima segunda-feira”, aponta.

O atraso no pagamento – que ameaça a continuidade do programa, que além dos 3 mil agricultores familiares, atende 80 mil famílias de beneficiários – tem mobilizados prefeitos, deputados estaduais e a bancada federal.

O reforço de Marx Beltrão é considerado fundamental para a liberação dos recursos: “o Marx Beltrão tem bom relacionamento e prestígio em Brasília e está empenhado em resolver essa questão”, aponta Aldemar Monteiro, presidente da CPLA.

Klécio Santos, da Pindorama, também acredita que Marx Beltrão irá ajudar: “o Marx Beltrão sabe que esse é um programa que atende ao s alagoanos, independente de questões políticas ou partidárias. Sabemos do seu empenho e torcemos para que ele consiga essa liberação com o Osmar Terra o quanto antes”, aponta.