Rui Palmeira mandou “escolher”: Lessa e PDT estão fora da prefeitura de Maceió
   10 de outubro de 2017   │     22:27  │  2

A aliança entre o PDT de Ronaldo Lessa e o governo de Renan Filho foi retomada formalmente nesta terça-feira, com direito a mudanças no primeiro escalão do governo.

O nome de Brito era especulado há algumas semanas. Hoje veio a confirmação, com a sondagem feita pelo presidente do PDT, Lailson Gomes, por Lessa e o convite, a tarde, formalizado pelo governador Renan Filho.

Antes de bater o martelo com Renan Filho, Lessa conversou com Rui Palmeira e disse que gostaria de continuar na prefeitura. Atualmente o PDT tem entre seus militantes dois secretários na prefeitura de Maceió (Esportes e Trabalho).

Não vai dar. Por decisão “unilateral” do prefeito, o PDT ficará fora da gestão e deve perder seus dois secretários: Daniel Mello e Ricardo Filho.

Na conversa com Lessa, Rui foi direto ao ponto e avisou que o PDT deveria decidir – ou ficar no seu grupo ou pular no barco de Renan Filho.

Lessa lamentou a decisão. O deputado federal pedetista sempre entendeu que era possível participar das duas gestões. Ainda assim agradeceu ao prefeito pela confiança e parceria com o partido durante esse período (de março de 2016 até agora).

O agradecimento foi por mensagem eletrônica mesmo, nesta terça-feira. “Já tinha falado com o prefeito e gostaria de falar pessoalmente, mas como ele está operado, registrei por mensagem o meu agradecimento e de todo o partido pela confiança. Lamento, mas aceito a decisão dele e só tenho a agradecer”, aponta Lessa.

Próximos passos

Com o retorno à base, Lessa deve cuidar da sua campanha pela reeleição para a Câmara Federal, mas só deve fechar a participação na coligação no começo do próximo ano. Até lá, vai trabalhar para fortalecer o partido. Depois de receber Kátia Born e Inácio Loiola, o PDT espera novos filiados para as próximas semanas – entre eles Judson Cabral.

Continua

O presidente da Desenvolve, Rafael Brito, foi indicado para a Sedetur na cota do partido, assumindo o posto que é, até agora, de Hélder Lima, na cota pessoal do governador.

Brito promete dar continuidade ao trabalho do atual secretário, especialmente no relacionamento com o setor produtivo: “o Hélder tem realizado um grande trabalho e eu pretendo dar continuidade, mantendo programas e projetos, com o diferencial de que vamos trabalhar alinhados como programa do PDT, especialmente em ações de incentivo para cooperativas, artesanato e pequenos negócios”, aponta.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Tony

    A eleição vai se aproximando e os Partidos partem para o lado que tem maiores chances de vitória. A debandada só começou com o PDT de Ronaldo Lessa, e até o período das convenções partidárias, muitos outros Partidos mudarão de lado. Vai ser preciso muito jogo de cintura para segurar aliados até lá.

Comments are closed.