“PT tem tamanho de primeiro escalão e vai ocupar espaço no governo”, avisa palaciano
   21 de novembro de 2017   │     22:35  │  0

A aliança entre o Partido dos Trabalhadores e o grupo do governador Renan Filho está praticamente selada. Mas falta ainda um detalhe importante: definir um espaço para os petistas no governo de Alagoas.

O PT, avisa um importante interlocutor do Palácio dos Palmares, “tem tamanho de primeiro escalão”.

Os petistas podem até não levar a Educação, como querem – ou queriam – mas certamente indicarão uma Pasta importante do governo.

A definição do retorno dos petistas ao governo sairá em reunião com Renan Filho, no começo da próxima semana. Será tempo suficiente para Renan Filho estudar o remanejamento em pastas políticas ou técnicas, para abrir espaço no primeiro escalão.

O governador, que fique claro, tem pouca margem de manobra. Mas nada que impeça uma acomodação do partido, que além de um deputado federal, tempo de TV, também deve trazer para o palanque da campanha de 2018 em Alagoas o ex-presidente Lula.

O governador, como se sabe, não muda a Educação. Entre as chamadas pastas políticas – que não são poucas – não há possibilidades de remanejamento na Agricultura (PTC), Seprev (PHS), Sedetur (PDT)e Trabalho (PRP e PTB), só para citar alguns exemplos.