Se “errar” nas composições, Renan Filho pode perder deputados para grupo de Rui
   8 de janeiro de 2018   │     18:55  │  3

Com ampla maioria na Assembleia Legislativa de Alagoas, o governador terá como maior desafio pela frente a capacidade de fazer corretamente as composições proporcionais.

Dos 27 deputados estaduais, apenas um faz oposição ao governo, enquanto 5 se consideram independentes.

Nas eleições deste ano, Renan Filho que é eventual candidato à reeleição, poderá ter o apoio de 26 ou de 16 deputados. Tudo vai depender, explica um experiente parlamentar, que está no time dos “independentes” das chapas proporcionais.

“Na situação atual, a chapa do governo é muito pesada. Vai ter muito deputado que poderá ir até para o grupo de Rui Palmeira em busca de uma reeleição mais confortável. O deputado dá apoio ao governo nas votações no plenário, mas na hora da eleição ele pode mudar de lado se a coligação do outro grupo for mais viável”, aponta.

Para o deputado, de 8 a 10 parlamentares podem mudar de “lado” nas eleições deste ano: “hoje o Rui Palmeira não tem praticamente ninguém, mas tem um pessoal na ALE que é ligado ao Biu de Lira, tem um pessoal que tem ligação com o ministro Maurício Quintella. Só aí são uns 5 deputados, que embora estejam próximos do governo podem mudar com a proximidade da eleição de outubro”, alerta.

Em outras palavras, avalia o deputado, se “errar” nas composições, Renan Filho tenderá a perder apoio. “Por enquanto o governador vem acertado, dando espaço para composições internas, mas ele terá que oferecer condições aos deputados para que sejam viabilizadas mais de uma chapa proporcional dentro da sua coligação”, aponta.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. JULIANO

    O PRIMEIRO ERRO DO GOVERNADOR RENANZINHO: O SR. LUCIANO BARBOSA COMO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, CERCADO DE INCOMPETENTES, FEZ SEU PRIMEIRO ABSURDO COM O TRANSPORTE ESCOLAR, GERENTES REGIONAIS EM SUA MAIORIA ORIUNDOS DAS REDES MUNICIPAIS, SEM O MINIMO DE CAPACIDADE, ALGUNS SÃO MOTIVO DE CHACOTA DENTRO DOS MUNICÍPIOS QUE FAZEM AS GEREs (GERÊNCIAS REGIONAIS DE EDUCAÇÃO), SÓ SERVEM PARA BATER PALMAS E TIRAR FOTOS. COMPETÊNCIA ZERO. GOVERNADOR RENANZINHO, SE LIGUE.

  2. Mota

    Não se enganem, Renan não perde essa eleição para Rui, nem aqui, nem na China e ninguém entra em barco com o casco furado.

Comments are closed.