Alagoano deve assumir Ministério dos Transportes no ‘lugar’ de Quintella
   1 de fevereiro de 2018   │     23:10  │  0

Maurício Quintella já avisou que vai deixar o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, até 7 de abril, quando se desincompatibiliza para disputar vaga de senador ou deputado federal por Alagoas.

Em seu lugar deve assumir outro alagoano – o atual secretário-executivo da Pasta, Fernando Fortes, no cargo por indicação do próprio Quintella.

O ministro vinha trabalhando para garantir uma pessoa de sua confiança à frente da Pasta, após seu afastamento. E, pelo que se sabe, o martelo já foi batido no Palácio do Planalto.

A informação é do blog Radar, da versão on line da Revista Veja. Além dos Transportes, Michel Temer teria sinalizado que vai deixar outros dois ministérios sob comando dos atuais secretários executivos – o da Saúde e Agricultura.

No caso do ministério da Saúde, existia (ainda existe) expectativa de que outro alagoano, o médico Adeilson Loureiro, pudesse assumir o comando da Pasta a partir de abril.

Saiba mais

Veja textos sobre a troca no Ministério dos Transportes.

No blog Radar:

Secretários-executivos devem assumir ministérios

Ministros serão trocados em abril

Já é sabido que Temer deverá trocar os ministros-candidatos em abril, prazo final de descompatibilização para concorrer às eleições.

Os ministérios da Saúde, Transportes e Agricultura devem ser controlados pelos secretários-executivos Antônio Nardi, Fernando Fortes e Eumar Novacki, respectivamente.

Leia aqui, na íntegra:

https://veja.abril.com.br/blog/radar/secretarios-executivos-devem-assumir-ministerios/

No blog Conexão:

Quintella vai manter ‘comando’ de Ministério, mesmo depois de sair para ser candidato

A informação

Ministro dos Transportes articula para que o secretário executivo o substitua

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, deixará o cargo provavelmente em abril para se lançar numa candidatura ao Senado pelo estado de Alagoas. Quintella não pretende se desligar por completo da Pasta e, por isso, articula para que o secretário executivo, Fernando Fortes, ocupe seu lugar. Como o ministério é um feudo do Partido da República (PR), de Valdemar Costa Neto, a solução não deverá ser contestada pelo Palácio do Planalto. Fortes, assim como Quintella, é alagoano.

Leia aqui, na íntegra:

http://epoca.globo.com/politica/expresso/noticia/2018/01/ministro-dos-transportes-articula-para-que-o-secretario-executivo-o-substitua.html