Rui Palmeira pode anunciar candidatura ao governo nesta quarta-feira
   13 de fevereiro de 2018   │     23:56  │  4

O prazo para a decisão está se esgotando. O limite, já sabemos, é 7 de abril. Faltam, portanto, pouco mais de 50 dias. Mas aliados do prefeito de Maceió torcem para que ele anuncie antes se vai deixar o comando de uma das maiores cidades do País, com orçamento de R$ 2,3 bilhões, faltando 2 anos e oito meses para o final do mandato – ou não.

Se levar a sério o que disse mesmo em tom de “brincadeira” em entrevista, Rui pode anunciar sua decisão já nesta quarta-feira.

Em outubro de 2017, o prefeito de Maceió descontraiu ao ser questionado em entrevista para um semanário local sobre a decisão de disputar o governo contra Renan Filho este ano: “Costumo perguntar ao Téo quando ele pretende decidir se disputará ou não o Senado Federal. Ele me responde que em seu aniversário (29 de janeiro), e me devolve a pergunta. Aí eu respondo, em tom de brincadeira, que decidirei 48 horas depois dele”.

Brincadeira ou não, Téo Vilela decidiu que não será candidato ao Senado nessa segunda-feira, 12. Pela “regra”, Rui Palmeira deveria anunciar sua decisão nesta quarta-feira.

Mesmo que não cumpra o “prazo” dado na entrevista, o prefeito sabe que não tem muito tempo para anunciar a decisão já tomada.

Embora possa se desincompatibilizar da prefeitura até 7 de abril, Rui sabe que terá que anunciar antes essa decisão.

Aliás, o que falta é apenas anunciar o que já foi decidido. A julgar pelo que juram seus mais próximos, o prefeito é candidatíssimo ao governo e estaria esperando apenas o momento certo de anunciar o que “já se sabe”.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. um ALAGOANO

    Vai fazer bobagem, em 2022 terá um eleição pra governador sem adversário, corre o risco de ficar sem mandato e sem poder me nenhum, o único interessado nisso é o Biu pois vai mandar na prefeitura.

  2. Edson

    É realmente um dilema. Deixar de ser prefeito de Maceió, uma cidade próspera e feliz na parte financeira (especialmente para os secretários e superintendentes da área de infraestrutura) ou arriscar vencer um pleito eleitoral duríssimo?

    É uma decisão para muitas noites de sono. Até porque as chances de Rui Palmeira vencer Renan Filho são minimas, quase nenhuma, pelo que vem fazendo o prefeito e o governador, administrativamente e politicamente.

    Se Renan não foi um excelente gestor para o funcionalismo, mas também não foi um péssimo patrão.

    Já Rui, conseguiu ser o pior prefeito dos últimos 25 anos para o funcionalismo municipal. Além de massacrar o salário do servidor, não concedendo as reposições salariais devidas, ainda não cumpre a Lei, concedendo as progressões salariais devidas e os retroativos que os servidores tem direito por Lei. Sem esquecer das perseguições sofridas por servidores (com raras exceções) em seus órgãos de trabalho.

    Realmente é uma decisão difícil, mas como os adeptos e seguidores de Rui Palmeira falam: Voto de servidor público não elege ninguém.

    Tenham uma excelente Quaresma e que Deus nos ajude.

  3. Walter Tobias

    Ele Ruy palmeira lançando ou não, o governador Renan filho, será reeleito com uma votação nunca vista no estado de Alagoas. Só aguardar pra vê!!

Comments are closed.