Pedido de Renan para visitar Lula pode colocar Justiça em “xeque”
   29 de abril de 2018   │     22:12  │  4

A informação está na coluna Painel, da Folha de São Paulo deste domingo. O senador Renan Calheiros (MDB-AL) vai pedir autorização à Justiça para visitar Lula em Curitiba. O que ele espera é que a o pedido seja concedido, mas segundo fontes próximas ao senador, em caso de negativa, o parlamentar deve recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Vários outros pedidos de visitas a Lula, inclusive de parlamentares, como da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e do vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), além do o Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel, foram barrados pela juiza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal, indo contra a lei, que permite ao presidiário receber visitas de parentes e amigos.

Anote. Renan, se tiver o pedido negado, deverá recorrer à instância superior, para saber se a Lei de Execuções Penais ainda está valendo no Brasil.

Em vários vídeos nas redes sociais, Renan Calheiros condenou a prisão de Lula. Para ele, o ex-presidente foi condenado sem provas. O senador também condena a prisão de Lula, antes que todo o processo tenha transitado em julgado.

Veja a nota do Painel, deste domingo, 29:

Bom companheiro 

Rompido com o governo Michel Temer desde o ano passado, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) diz que pedirá autorização à Justiça para visitar Lula em sua cela na Superintendência da PF, em Curitiba.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Walter Tobias

    Se vc Renan pai e filho, soubesse quantos votos perderam por esta apoiando um bandido como o Sr.Luiz Inácio. Aguardem em outubro.

  2. Walter Tobias

    Esse Rapaz (Renan), deveria está preso, antes do Lula, mas vamos agendar a reeleição dele. Se perder, pode se considerar um homem preso.

  3. Agamenon oliveira

    Ninguém está proibindo de visitar um reeducando, apenas existem normas regulares para visitas. Segundo a Lei de Execuções Penais, tem dia e horário marcadas e o número de visitas. CUMPRA-SE.

  4. Pedro filho

    Ele deveria se preocupar era com o processo que existe contra ele. Essa de querer visitar e se solidarizar com o barbudo é uma maneira de angariar votos dos militontos do pt, já que as eleições estão aí e e todos estão fazendo isso. Pura demagogia.
    Sem provas? Essa é a cantilena do pt que acham que entendem mais de que delegados, juízes e ministros.

Comments are closed.