Com R$ 315 mi, ICMS de AL tem alta em maio; efeito da greve será sentido a parti de junho
   7 de junho de 2018   │     17:09  │  0

Apesar da greve dos caminhoneiros, a arrecadação do ICMS fechou no azul em maio. No mês, a receita com o imposto chegou a R$ 315,061 milhões em alta de 9,53% na comparação com o volume arrecadado em igual mês de 2017, o equivalente a R$ 287,648 milhões.

Com o resultado de maio, a Secretaria da Fazenda conseguiu manter desempenho do ICMS acima da inflação. Nos primeiros cinco meses do ano foram arrecadados R$ 1,643 bilhão em crescimento de 6,93% na comparação com igual período do ano anterior, que registrou receita acumulada de R$ 1,537 bilhão.

O secretário da Fazenda, George Santoro, analisa que o resultado de maio foi bom. “Cresceu basicamente varejo e atacado. Registramos queda nos setores de comunicações e bebidas”, avalia.

Os reflexos da greve na receita do Estado devem ser sentidos a partir deste mês. Santoro explica que está monitorando todos os dados, para poder analisar melhor qual será o impacto na receita do estado. Entre os setores mais afetados devem ficar o de combustíveis e o varejo, que tem grande peso na receita tributária de Alagoas.