JHC confirma aliança do PSB com mais 5 partidos
   7 de julho de 2018   │     21:41  │  4

O jogo da política começa uma nova fase em Alagoas. A próxima semana com uma novidade que promete abalar as coligações proporcionais já conhecidas até aqui.

O deputado federal João Henrique Caldas, presidente do PSB em Alagoas confirmou a formação de um grupo que parte prometendo eleger ao menos dois deputados federais e quatro estaduais.

A coligação, já confirmada pelos presidentes dos partidos, vai incluir além do PSB, PSC, PTC, PSDC, Patriotas (PEN) e PPL.

O presidente do PSC e pré-candidato ao Senado, João Caldas, avalia que o grupo poderá crescer um pouco mais com a entrada do PMN, que vem sendo avaliada em conversas entre os presidentes dos partidos.

A chapa de federal da nova coligação terá nomes como JHC, Fernando James, Aderval Tenório, Siderlane, Lucas Costas, Carlos da Educação e Eduardo Vasconcelos.

A de estadual vai de Célia Rocha, Samir Malta, Cidoca e Francisco Sales, entre tantos outros.

Os “times” e os “jogadores” serão apresentados já nesta segunda-feira, às 10h, na sede estadual do PSB. “Será a largada de um grupo forte que vai para a disputa com fôlego para fazer dois federais e pelo menos quatro estaduais”, adianta um dirigente do PTC.

Majoritária

Após a definição das chapas proporcionais, o novo grupo partirá para definir a participação nas eleições majoritárias. A tendência, hoje, é apoiar alguns dos nomes que já estão em campo. Apesar das especulações na imprensa, não existem por enquanto planos para o lançamento de candidatos a governador nesta chapa.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Julius Robert Hoppenheimer

    “O comunismo foi fundado pelo demônio. Satanás é seu chefe e a disseminação de sua doutrina é a guerra contra Deus. Conheço o comunismo e sei que é diabólico. É a continuação da guerra dos anjos maus contra o Criador e os seus filhos.”

    Padre Cicero!!!

    🙏🙏🙏🙏🙏🙏

  2. Julius Robert Hoppenheimer

    SEIS PESQUISAS (TOTALMENTE HIPOTÉTICAS)

    1.

    – Bom dia. Estamos fazendo uma pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. O senhor diz “presidente” ou “presidenta”?
    – Presidente.
    – Obrigado. O senhor não é elegível para esta pesquisa.

    2.

    – Boa tarde, senhora. Qual desses candidatos…
    – Este aqui não é candidato.
    – Esse aí é “o” candidato, senhora.
    – Não é, não. Ele é inelegível. Está preso. Lei da Ficha Limpa. Não pode concorrer à presidência.
    – Assim a senhora atrapalha a pesquisa.
    – Assim você é que atrapalha, misturando alhos com bugalhos. Entre os que realmente podem se candidatar, eu escolheria…
    – Senhora, eu podia estar roubando, eu podia estar matando, eu podia estar gritando “bom dia, presidente! ” lá em frente à Polícia Federal em Curitiba, mas estou aqui tentando ganhar a vida honestamente coletando dados que provem que esta eleição já tem um campeão moral, e que qualquer outro resultado é fraude. A senhora poderia, por favor…
    – Eu preferia votar nesse aqui, ó, mas acho que vou acabar votando é neste. Ou nesta. Ou mesmo neste, ó – mas só em último caso. Passar bem.
    – Mas, senhora, senhora…

    3.

    – Entre estes candidatos à presidência, qual é o seu favorito?
    – Só pode ser homem?
    – Não, senhora, há candidatos e candidatas.
    – E por que você pergunta qual o meu favorito, e não qual o meu favorito ou favorita?
    – Desculpe. Qual o seu favorito ou favorita?
    – Por que você perguntou o favorito antes da favorita? Por que a mulher sempre vem por último?
    – Perdão. Qual a sua favorita ou o seu favorito?
    – Não há nenhume candidate transgênere que possa também ser minha, meu ou meue favorite?
    – Aparentemente não, senhora. Os candidatos…
    – … e candidatas…
    – … os candidatos e candidatas são estes.
    – E estas.
    – Estes e estas.
    – Por que o cartãozinho com o nome deste macho branco opressor foi apresentado antes das outras e dos outros?
    – Probabilidade estatística, senhora. Há mais candidatos homens – naturalmente, todos brancos e opressores. Eu embaralhei os cartõezinhos e saiu este, como poderia ter saído qualquer outro. Ou outra. Ou outre, se houvesse outre.
    – Esse seu discurso de ódio estatístico burguês não me convence. Não vou participar desta farsa manipulada pelo imperialismo patriarcal hegemônico.
    – Mas…
    – Fascistas não passarão!
    – (mentalmente) Boulos, um voto. Lá se vai a unanimidade…

    4.

    – Como o senhor avalia o péssimo governo do atual presidente golpista?
    – Hein?
    – Estamos aproveitando a pesquisa de intenção de voto em Lula para avaliar a impopularidade gritante do Fora Temer.
    – Fora Temer?
    – Desculpe, é o hábito de nunca falar o nome dele sem dizer “fora” antes.

    5.

    – Boa tarde. Em que ex-presidente preso e condenado o senhor votaria se a eleição fosse hoje?
    – Como assim?
    – É que trabalhamos com vários cenários. Neste cenário, queremos saber em quem o senhor votaria se só pudesse votar em um ex-presidente preso e condenado.
    – Eu votaria em branco.
    – Não há essa alternativa, senhor.
    – Votaria nulo, então.
    – Senhor, essas opções não existem. Vamos então a outro cenário: Se Lula fosse o único candidato, em quem a senhor votaria?

    6.

    – Bom dia. Qual destes outros candidatos a senhora gostaria de ver derrotado por Lula num eventual segundo turno?

    🇧🇷💊🇧🇷🔮🇧🇷🔞

  3. Julius Robert Hoppenheimer

    Leiam, leitores alagoanos o livro “Arquipélago Gulag”, do Aleksandr Solzhenitsyn. Mas, tem que ter estômago e fôlego, porque o negócio foi muito pior do que se pode imaginar.
    O livro ganhou o Nobel de literatura nos anos 70.
    Tenho muita vontade de presentear cada comunista/ socialista com um exemplar, principalmente aqueles que adoram denunciar os abusos e excessos do “Regime Militar” brasileiro. Perto de Lubyanka, Butirky e Lerfortovo o DOI-CODI era um parquinho de diversões.
    Vamos ler, leitores alagoanos, para iniciar-mos uma campanha profunda contra essa turma do mal!!

    E, à VERMELHADA, que ainda não o leu, acordem, e leiam…
    Cês, com certeza irão se curar!!!
    E, com certeza, irão votar no “MESSIAS!!!”

    😂😆😀😄😁🤣

  4. Soaresv

    Voce é fraco JHC um cara novo mais com mente pequena sem inovacao como vai se juntar ao ruim palmeira coloca tua cabeca pra pensa ousa dwixa de mermice

Comments are closed.