Com sete partidos, nova força terá candidato a governador
   8 de julho de 2018   │     23:19  │  6

Não é terceira via. É a “frente alagoana do bem”, avisa o presidente do PSC em Alagoas e pré-candidato ao Senado, João Caldas. Formado por sete partidos, o grupo promete lançar chapa completa, de cabo a rabo.

A princípio, a nova coligação – que além do PSC, já confirmou a participação do PSB, PSDC, PTC, Patriotas (PEN), PPL e Novo – formaria apenas chapas de deputado estadual e deputado federal, segundo versões que correm nos bastidores.

Não é bem assim. “Teremos candidatos ao Senado e ao governo”, avisa João Caldas.

O tom do novo grupo será dado numa reunião, marcada para nesta segunda-feira, 09, na sede do PSB, em Maceió.

Nos bastidores a nova coligação foi batizada de “terceira via” por criar uma opção aos grupos do governador Renan Filho (MDB) e do prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB). Não é essa a melhor definição, segundo Caldas.

“Estamos apresentando uma proposta de renovação, com novas ideias e novos ideais. É uma nova frente, com surge para romper com essa velha política que tem apenas o lado de governo e da oposição”, explica Caldas.

O grupo, acredita o presidente do PSC tem espaço para crescer ainda mais: “continuamos o diálogo com vários dirigentes partidários. Outros partidos que estão soltos, a exemplo do Podemos e do PMN podem vir para cá”, avalia Caldas.

A estimativa do novo grupo é eleger dois deputados federais e quatro estaduais. Na majoritária, João Caldas é pré-candidato ao Senado, mas o grupo promete apresentar um nome ao governo nos próximos dias. “Teremos um candidato a governador. E será um nome competitivo”, adianta Caldas.

Novo fica fora da coligação

Pré-candidata a deputada federal pelo Novo em Alagoas, Maria Tavares ligou para negar a participação do partido  na nova coligação. Não só nesta, mas em qualquer outra.

“Nós pregamos o fim do uso do fundo partidário para as eleições. Como vamos nos coligar com partidos cujos candidatos vão usar este fundo? O Novo não vai se coligar com partidos que tenham ideais diferentes. Nossa prioridade é limpar Brasília”, aponta.

Além de Maria, o Novo tem outros dois pré-candidatos a deputado federal em Alagoas – Tibério Rocha e Adelmo Assis. Em Alagoas o partido não terá candidatos a deputado estadual e não tem por enquanto candidatos majoritários.

(atualizando às 12h05 do dia 09 de julho de 2018)

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. LUIZ FELIPE LUNA VASCONCELLOS

    Boa noite

    Tentei falar com o Edivaldo Junior hoje o dia todo, mas não obtive sucesso. Se puder, peço por gentileza que ele entre em contato comigo.

    Obrigado

    Luiz Felipe Luna Vasconcellos
    Presidente estadual do Novo Alagoas

  2. Johann Sebastian Bach

    COMUNISMO
    O OBJETIVO PERNANENTE, da ditadura Nova República, é a destruição do Capitalismo brasileiro; matando empresas, empregos, pessoas e a esperança.

    🇧🇷👽🇧🇷🔮🇧🇷💊

  3. Johann Sebastian Bach

    O futuro do Brasil depende de uma só coisa: conseguir manter a ordem até as eleições. Não se deixar conduzir nem por aqueles que querem o caos para precipitar um golpe militar, nem pelos que querem um golpe militar para justificar o caos. Nunca o sangue frio foi tão necessário. A situação é tão grave que ficar nervoso se tornou um luxo suicida.

    Olavo de Carvalho!!!

    🇧🇷💊🇧🇷👽🇧🇷🔮

  4. LUIZ FELIPE LUNA VASCONCELLOS

    Bom dia

    Gostaria de esclarecer que a informação de que o Partido Novo fará parte da coligação ” frente alagoana do bem ” é totalmente sem fundamento.
    Reafirmo que o Partido Novo não tem coligação, aliança ou formação de chapa com nenhum partido.

    Luiz Felipe Luna Vascoconcellos
    Presidente estadual do Novo Alagoas

  5. clovis

    Bom dia!

    As coisas esquentando Calheiros e companhias.
    Acorda Alagoas! Erra e humanos permanecer na ignorância e faltar com respeito a si mesmo.
    Não podemos colocar Renan Calheiros novamente em Brasília não.

Comments are closed.