Novo bloco fecha pacto: só entra na coligação quem for aceito por unanimidade
   11 de julho de 2018   │     15:30  │  0

A “Frente Alagoana do Bem”, nome de batismo dado por João Caldas ao novo bloco partidário puxado por PSB e PTC, que reúne também PSC, PSDC, PPL e Patriotas, firmou um pacto entre os candidatos proporcionais – tanto para federal quanto para estadual.

Para entrar no grupo qualquer outro partido, a partir de agora, terá de ser aceito por unanimidade.

Ainda assim a ampliação do bloco não está descartada – especialmente para deputado federal.

A presidente do PTC, Célia Rocha, que conduziu as articulações ao lado de João Henrique Caldas, diz que a decisão será mantida: “temos um compromisso entre os candidatos proporcionais de só aceitar outros partidos na nossa coligação se houver consenso”, pondera.

A coligação foi formada para viabilizar a eleição proporcional. “Temos hoje plenas condições de fazer quatro deputados estaduais e dois federais”, aponta Célia Rocha.

“Esta união é algo que estava sendo construindo já há algum tempo. Agora, o grupo firma um importante compromisso com a mudança de realidade para sociedade alagoana. O objetivo é agrupar forças para uma Alagoas melhor”, diz Célia Rocha.