PSL conta com desempenho de Bolsonaro para fortalecer chapa em AL
   12 de julho de 2018   │     22:19  │  0

Na maioria dos partidos, as conversas continuam. Cada um busca a melhor composição para lançar seus candidatos. Mas a hora da burocracia chegou. É preciso cuidar da papelada e formalizar as pré-candidaturas nas convenções, que este ano serão realizadas de 20 de julho a 5 de agosto.

Alguns partidos, a exemplo do NOVO e PSL, realizam as convenções este mês. A maioria vai deixar para o último dia.

É o caso do PSL de Alagoas, o partido de Bolsonaro. O partido fará convenção estadual em Maceió no dia 5 de agosto e não descarta aliança com outras legendas, embora esteja preparado para sair com chapa puro sangue.

No caso do PSL o crescimento do pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro pode ajudar na formação de uma coligação e na eleição de seus candidatos. Caso diferente de algumas legendas mais tradicionais.

“Estamos em conversas com alguns partidos para composição. Sairemos com chapa majoritária, com candidato a governador e senador e a proporcional com deputados federais e estaduais”, aponta Flávio Moreno, presidente do PSL em Alagoas.

Os pré-candidatos ao governo e ao Senado do PSL são o engenheiro Josan Leite e Flávio Moreno.

O PSL está amadurecendo conversas e negociações que poderão se definir nas próximas semanas: “Temos o pré-candidato a presidente melhor colocado nas pesquisas, o que colabora com essa composição e transferência de votos para a chapa em um todo. Temos até o momento 3 possibilidades de composição de chapas e alianças”, avisa Moreno.