Onda do “novo” deixa Biu de Lira em 5o e elege um novato em Maceió
   8 de outubro de 2018   │     23:23  │  0

A maré contra a velha política e os fortes ventos que sopraram a favor de Bolsonaro em Maceió na reta final da campanha terminaram produzindo resultados inesperados na eleição.

O senador Benedito de Lira (PP) ficou em quinto lugar na capital, com 49 mil votos (6,73% dos válidos), atrás de Flávio Moreno (PSL), com 76 mil votos (10,52% dos válidos).

A estratégia adotada por Benedito de Lira, que recorreu a apoios tradicionais, reforçando sua campanha com os tucanos Rui Palmeira e Téo Vilela na reta final não foi suficiente para manter o quarto lugar na capital, resultado que já era apontado pelos institutos de pesquisa.

Não foi só. A onda do “novo” deu na capital 89 mil votos a JHC, 29 mil votos para Tereza Nelma e 18 mil votos para Marx Beltrão, os três mais votados em Maceió.

Essa mesma onda soprou a favor do Cabo Bebeto (PSL), estreante na política. Eleito com 31 mil votos para a Assembleia Legislativa, ele foi o mais votado em Maceió, com 22 mil votos, à frente de candidatos populares como Lobão (18 mil votos na capital) ou de políticos que tem base na cidade, a exemplo de Davi Davino Filho (19 mil votos na capital).