Votação de Biu em Junqueiro, mostra que Marcelo Palmeira não deve pagar sozinho pela “derrota”
   11 de outubro de 2018   │     19:55  │  6

A votação do senador Benedito de Lira (PP) em Maceió tem alimentado discussões nos bastidores da política alagoana e dentro do grupo político que faz oposição ao governador Renan Filho. Ele ficou em quinto na capital com 49 mil votos, atrás de Flávio Moreno (76 mil votos).

Foi uma votação baixa para quem teve o apoio do prefeito Rui Palmeira (PSDB) e a coordenação de campanha na capital nas mãos do vice-prefeito Marcelo Palmeira.

Mas nem de longe o resultado em Maceió pode ser considerado o pior para Benedito de Lira.

Em Arapiraca, onde Benedito de Lira e o deputado federal Arthur Lira (PP) apostaram todas as fichas, ajudando o prefeito Rogério Teófilo com recursos para a saúde e outras áreas, a votação também decepcionou. Lá ele ficou em terceiro, com apenas 14% dos votos, enquanto o outro candidato da sua coligação, Rodrigo Cunha (PSDB), ficou em primeiro com 44% dos votos.

Não foi só. Em Junqueiro, sua terra natal, onde fez política a vida inteira, Biu também ficou em terceiro, com apenas 24% dos votos, atrás de Renan Calheiros (MDB) e Rodrigo Cunha.

Em várias outras cidades onde o PP tem bases e investiu com a transferência de recursos, a votação não foi a esperada. Benedito de Lira ficou em quarto lugar em cidades como Penedo, Delmiro Gouveia, São Miguel dos Campos e Rio Largo; em terceiro em cidades como Mata Grande, Água Branca, Flexeiras, Palmeira dos Índios e Olho d’Água das Flores; em segundo em Estrela de Alagoas, Limoeiro de Anadia, Pão de Açúcar e Piranhas.

A derrota de Benedito de Lira não pode, portanto, ser debitada apenas a capital e muito menos a Marcelo Palmeira.

Quem conhece o mapa da política alagoana sabe que se esperava votação melhor para Benedito de Lira não só em Maceió, mas principalmente em algumas destas cidades citadas aqui.

Fim de um ciclo

A eleição deste ano não foi dura apenas para Benedito de Lira. Alguns outros nomes conhecidos não passaram nos testes das urnas este ano. Ronaldo Lessa (PDT) e Carimbão (Avante), que assim como Biu também precisavam do volto de opinião para se eleger, parecem não ter entendido o atual momento e perderam a eleição. Podem todos eles tentar retornar mais à frente. Para isso, terão que repensar o discurso, o modo de fazer campanha e a forma de se conectar com o eleitor. Mas, essa é outra história.

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Antônio de Pádua

    Acho que não cabe mais na política a trairagem que aconteceu em Alagoas, eu na consigo entender, o Biu tinha nada menos do que o Senador Collor pedindo votos para ele e de repente acaba tudo, resultado, foi esse, a derrota humilhante do Senador Biu, e acho que para ele foi o fim de sua brilhante carreira política.

  2. Pedro Barros

    Realmente os perreira foi responsável tambem biu perdeu em Junqueiro sao Sebastião empatou em Teotônio so ganhou em campo alegre esse atur lira e outro Niguem gosta dele acabou com 02 campanha do pai .

  3. Paulo

    sera que ele vai culpar tambem joasinho pereira?afinal em teotonio vilela ele tmb foi terceiro,em limoeiro de anadia foi o segundo e deu chesf ao ex prefeito marlan e a culpa e do marcelo?

  4. JOSÉ RAMOS

    O RESULTADO DA ELEIÇÃO FOI UM RECADO DURO DA POPULAÇÃO. voce que está metido em algum tipo de corrupção, roubo , te prepara, o bicho vai pegar. Licitações em todos os niveis serão revistas e o pau vai cantar nas costas do canalhas, em todos os nives, municipal, estadual e federal.

    BOLSONARO VAI ENQUADRAR OS CORRUPTOS!.

  5. Tony

    Politica já não é mais a mesma, quando se votava em uma pessoa pela amizade ou pelo reconhecimento do trabalho prestado em prol da sociedade. Hoje o voto da maioria é pelo interesse próprio, não pela coletividade. Biu de Lira ajudou inúmeros prefeitos que o procurava em Brasília, mas na hora da retribuição, valeu o quem dá mais e Biu ficou sem voto na maioria das Cidades, cujo prefeito ajudou. E não se enganem, daqui pra frente será sempre assim: Os interesses serão em primeiro lugar. A campanha de 2020 já deve começar em 1º de janeiro de 2019. Se o prefeito de Maceió quiser fazer o sucessor, que comece a trabalhar logo de agora, pois corre o risco de perder a Prefeitura de Maceió para amigos de hoje que serão os inimigos de amanhã. Depois não diga que foi enganado por falta de aviso.

  6. Juju

    Na verdade, o povo é é mal agradecido e os Políticos são traíras.
    Pq diante do histórico, os Pereira, de forma nenhuma, poderiam apoiar Renan pai, pq Biu é um companheiro de luta. Se o Patriarca estivesse vivo isso jamais aconteceria.
    Quando os prefeitos, espero que amarguem nas mãos de Renan, pq se não fosse o Biu eles teriam “fechado as portas”. Se eu fosse Artur Lira eu só traria emendas para onde Biu teve votação. Se não fosse as as verbas de Biu e Artur Lira os Pereira não fariam tanato sucesso,ou vc acha que eles são tão melhores que os outros? Não são! Eram as emendas de Biu e Artur. E olha o agradecimento. Como vc acha que Rui traria votos para Biu se sua equipe estava trabalhando descaradamente para Maurício? Ele pode até ter feito que não viu, mas estava estampado nas redes sociais da equipe dele. Então… gostem ou não de Biu, ele não brigou com o Presidente da República, e assim trouxe muito dinheiro para Alagoas. Quanto aos prefeitos … eu quero ver agora. E outra, Renan não é criança, ele sabe bem quem traiu Biu e não dará asa a cobra. Os traidores serão traídos.

Comments are closed.