É grave a crise: prefeito denuncia ‘roubo’ de água no sertão de AL
   15 de novembro de 2018   │     1:14  │  1

A estiagem prolongada no sertão de Alagoas pode virar caso de polícia. Literalmente. Prefeito de Cacimbinhas e presidente da Associação dos Municípios Alagoas (AMA), Hugo Wanderley (MDB), usou as redes sociais para dar um ultimato aos “bandidos” e denunciar o “roubo” de água na adutora que abastece, além do seu município, a cidade de Major Isidoro.

“Verdadeiros bandidos têm sangrado a adutora por meio de carros-pipas e de grandes cisternas. Mas aqui eu deixo meu recado: estamos vigilantes e já estou tomando as providências. Muito cuidado. Porque será eu, a população da minha cidade, principalmente os mais pobres, ou vocês. Estamos na luta”, advertiu em vídeo publicado nas redes sociais.

Segundo Wanderley, as cidades estão desabastecidas e as populações de Cacimbinhas e Major Izidoro sofrem com a falta de água.

O alerta as redes sociais doi duro: Atenção vocês que estão lucrando com a VENDA ILEGAL DE ÁGUA! Não vamos permitir que esses bandidos enriqueçam às custas da sede e da desgraça do nosso povo!”

Veja o vídeo:

 

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Pedro Guedes

    Gravidade maior é de PREFEITOS, que se elegem contando e contratando pessoal do Serviço Prestado, e que quando, acaba as eleições, que se elegem ou elegem seus candidatos botam todos no olho da Rua. Ninguém se preocupa com isso.

Comments are closed.