Em discurso, Carimbão descontrai : “estou procurando emprego”
   5 de dezembro de 2018   │     16:07  │  1

Homenageado pela CPLA com a comenda de Inclusão Social Silvânio Barbosa, o deputado federal Givaldo Carimbão (Avante-AL), descontraiu ao receber a honraria.

O discurso foi durante a solenidade, realizada nessa segunda-feira, 03, na Casa do Criador, no Parque da Pecuária. “Depois de 30 anos de vida pública estou agora procurando emprego”, brincou Carimbão, que não conseguiu se reeleger para a Câmara Federal nas eleições deste ano.

O deputado, responsável por mais de R$ 30 milhões em emendas em benefício dos agricultores familiares do setor leiteiro do estado, no entanto estava apenas descontraindo. Ele ainda não sabe o que irá fazer, mas sabe que certamente não ficará parado.

Com 61 anos, ele lembrou que começou a trabalhar aos 7 anos como ajudante em uma loja. Desde então, passou por diferentes atividades até chegar a deputado federal. Foram cinco mandatos consecutivos. “Ainda não sei o que irei fazer da minha vida a partir de fevereiro, mas continuo com muita energia para trabalhar pelo povo do nosso Estado”, emendou Carimbão.

Ao lado de Carimbão, outras personalidades também foram homenageadas. Veja o texto distribuído pela assessoria da CPLA.

Comenda CPLA reconhece serviço prestado à produção leiteira

Ao lado do agricultor familiar e dos pequenos produtores de leite de Alagoas, diversos personagens foram importantes para engrenagem de projetos para o setor e principalmente o fortalecimento do Programa do Leite. A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) reconheceu a prestação de serviço pessoas que fizeram a diferença com a outorga da Comenda de Inclusão Social Silvanio Barbosa, na última segunda-feira, 3.

O muito obrigado da cooperativa foi dado a todos os que se dedicaram a trabalhar pela continuidade do Programa do Leite, sendo representado em cinco nomes: governador Renan Filho, deputados Givaldo Carimbão e Marx Beltrão, Eunice Oliveira e ao jornalista Edivaldo Júnior. A memória do vereador Silvano Barbosa também foi homenageada como defensor do Programa entre as lideranças comunitárias.

“Nada mais justo do que homenagear aos que se uniram em prol da atividade leiteira, do Programa do Leite e UBL da CPLA. Após um ano de bastante luta pela continuidade, saímos do mais fortalecidos, sabendo que o Programa do Leite é um bem de esforços conjuntos”, resumiu Aldemar Monteiro, presidente da CPLA.

O serviço prestado ao desenvolvimento econômico alagoano por meio do Programa do Leite resulta em empregabilidade para 5 mil pequenos produtores e alimento para 80 mil famílias, além do combate à mortalidade infantil. No campo, o Programa estabiliza o preço do leite, considerado o melhor do mercado.

Para o deputado Givaldo Carimbão, que há 30 anos, se dedica aos projetos de revitalização da bacia leiteira, receber o reconhecimento dos alagoanos é gratificante. “Temos uma hsitória de luta com o setor, com mais de R$ 30 milhões investidos para a fábrica da cooperativa. Sensação parcial de dever cumprido, mas enxergando que temos muito que trabalhar ainda”, declarou.

Conhecido como padrinho do Programa do Leite, o deputado Marx Beltrão aproveitou a oportunidade para reonovar seu compromisso com os mais de 5 mil produtores envolvidos. “Sinto que a missão ainda precisa ser fortalecida. Temos o governador Rena Filho como grande entusiasta do Programa e tantas outras pessoas que brigam, em Brasília, conosco pela continuidade apesar da crise. Contem comigo sempre”, avisou Beltrão.

Outra personagem pouco conhecida, mas tão menos importante foi a baiana Eunice Cardoso Silva, especialista em projeto públicos e integrante da equipe do deputado Givaldo Carimbão. “Muito honrada em poder ajudar a agricultura familiar de Alagoas. Pra mim é uma extrema alegria saber que o setor permanece vivo com a matriz do Programa, que possui um impacto fantástico”, comentou.

Um dos maiores incentivadores da agricultura familiar e defensor da continuidade do Programa do leite, o governador Renan Filho não pôde participara da solenidade, mas foi representado pelo secretário Henrique Soares, da Agricultura. “O estado mais do que nunca se voltou, com máxima dedicação, a amparar o pequeno produtor. Com base no que o governador Renan Filho tem feito, o setor continuará sendo valorizado”, disse Soares.

A quinta Comenda de Inclusão Social Silvanio Barbosa foi em reconhecimento à contribuição prestada pelo jornalista Edivaldo Júnior por sua dedicação em mostrar em suas produções de valorização à atividade. “Reitero nosso compromisso em continuar dando vasão aos temas da agricultura familiar e buscando soluções para as demandas do setor. Gratidão aos amigos que sempre estiveram dispostos a nos atender”, reiterou.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.