“Difícil é enfrentar as antas”
   21 de dezembro de 2018   │     19:09  │  0

O senador Renan Calheiros usou as redes sociais comentar a liminar do ministro Marco Aurelio Mello, deferida na quarta-feira (19), mesma data em que o magistrado determinou a soltura de presos que cumprem pena após condenação em segunda instância, determinando que a eleição para a Mesa Diretora do Senado deverá ser no voto aberto.

O emedebista voltou a soltar indiretas “bem direcionadas”. Desta vez, com o argumento centrado na separação dos Poderes, sob a ótica de que o Judiciário não pode passar por cima do Poder Legislativo (Senado).

“Não podemos deixar de defender a independência dos Poderes”, escreveu. Renan classificou a liminar de Marco Aurélio como “interferência no Legislativo”. E disse que é preciso defender a separação dos Poderes. “Todo dia tem que matar um leão. Mas o difícil é enfrentar as antas”, cutucou.

Veja, na íntegra, o texto do senador

A propósito da interferência no Legislativo: Não podemos deixar de defender a independência e a separação dos Poderes. Se a democracia não deve ficar exposta a pedrada de doido e a coice de burro, será sempre mais complicado defendê-la. Todo dia tem que matar um leão. Mas, o difícil mesmo é enfrentar as antas”.