Gustavo Lopes volta à presidência do IMA, de onde nem deveria ter saído
   30 de janeiro de 2019   │     14:48  │  1

Nessa terça-feira, 29, o engenheiro civil Gustavo Ressurreição Lopes, 34 anos, foi nomeado para a presidência do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas.

Voltou para o cargo de onde nem deveria ter saído. Literalmente.

Integrante da tradicional família Lopes, que tem forte influência política em Penedo, Gustavo é considerado pelo próprio governador como um dos melhores quadros técnicos do Estado.

Tem um currículo próprio para atuar no IMA. Além de engenheiro, tem MBA em Gestão Empresarial na FGV e mestrado em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos.

A exoneração, em caráter provisório, publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 4, em nenhum momento teve relação direta com a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa de Alagoas.

Lopes continuou no período atuando junto ao governador e seu nome ficou à “disposição” para outra missão.

É um quadro que poderia servir ao governo em qualquer outro cargo – não só pelo bom currículo, mas especialmente pela sua relação de proximidade e confiança com o governador.

Seu retorno ao IMA mostra que a linha de atuação não vai mudar por lá. O que é bom. Gustavo “pacificou” a área do Meio Ambiente e conseguiu, sem abrir mão da fiscalização, dar maior celeridade aos processos de licenciamento, além de facilitar a vida de pequenos produtores rurais que precisam de licença para legalizar suas atividades.

Gustavo Lopes assume a presidência do IMA pela segunda vez

Retorno

Gustavo foi nomeado presidente do IMA em 21 de janeiro de 2015, exonerado em 04 de janeiro de 2019 e novamente nomeado em publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa terça-feira (29).

O que ele pretende fazer por lá? Pode esperar o uso de mais tecnologias, como a sala de monitoramento em tempo real (com uso de satélite e tudo mais) e aplicativos como de Denúncias o IMA. Tudo no mesmo estilo discreto de sempre.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.