ICMS de janeiro chega a R$ 386 milhões: o ano começa “morno” para o Estado
   5 de fevereiro de 2019   │     22:57  │  1

Bateu na trave. Literalmente. A arrecadação de ICMS de janeiro, a primeira do ano, chegou a R$ 386 milhões. O crescimento em relação a igual mês de 2018, quando foram arrecadados R$ 372 milhões, foi de apenas 3,73%, ligeiramente abaixo da inflação acumulada do ano passado (3,75%).

Se continuar nesse ritmo, o governo do Estado terá dificuldades para manter o atual nível de gastos. O valor de janeiro, por óbvio, é o mesmo do acumulado do ano e de forma geral é considerado positivo pelo secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro.

“Não tivemos nenhum destaque (por setor). Apenas batemos a inflação. Tudo muito equilibrado. Mas vejo o resultado como bom”, diz Santoro.

E daqui pra frente? Tudo vai depender de como vão se comportar os preços e o consumo. A queda no valor dos combustíveis, por exemplo, afeta diretamente a arrecadação do Estado. Assim como energia, os derivados do petróleo são um dos principais itens da cesta do ICMS em Alagoas.

A orientação na equipe do governador Renan Filho é “apertar os cintos” até que a leitura sobre o cenário da economia seja mais clara. A expectativa é que melhore nos próximos meses. Ainda bem.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.