Com alta de 27%, Pindorama registra 2a maior safra de cana da história
   8 de março de 2019   │     14:50  │  1

A safra de cana-de-açúcar 2018/2019 em Alagoas entrou na reta final. Das 16 usinas que operaram neste ciclo, a moagem já foi encerrada em dez indústrias e deve terminar em todo o Estado até a primeira semana de abril.

Os números divulgados pelo setor confirmam o crescimento da produção em relação a safra anterior. A estimativa atualizada do Sindaçúcar-AL é de uma produção total de 16,05 milhões de toneladas em todo o Estado, em alta de 16,6% ante a moagem anterior – considerada a “pior” da história recente – quando foram esmagadas 13,7 milhões de toneladas.

A variação positiva é puxada por algumas unidades que apostaram na renovação dos canaviais e na mudança do mix de comercialização. Esse é o caso da Cooperativa Pindorama, localizada em Coruripe, que encerrou a safra de cana no último dia 2 com um balanço positivo.

A usina esmagou cerca de 910 mil toneladas de cana, segundo melhor resultado de toda a sua história, atrás apenas da safra 2011/2012, quando foram processadas 947 mil toneladas.

Em relação a safra anterior, quando Pindorama processou 717 mil toneladas, o crescimento foi de 27% e refletiu a aposta da indústria na renovação dos canaviais, além do “empurrão” dado pelo clima. “A chuva ajudou bastante, especialmente após dezembro. Se o clima continuar favorecendo, esperamos um novo crescimento na próxima safra”, aponta Klécio Santos, presidente da Cooperativa Pindorama.

A produtividade média em Pindorama também aumentou em relação à safra passada, passando de cerca de 58 toneladas de cana por hectare para 60 toneladas por hectares. “Num esforço conjunto com todos os nossos cooperados, a cada safra temos renovado entre 2 mil e 3 mil hectares de cana. A renovação tem ajudado bastante a melhorar os nossos resultados”, enfatiza Santos.

Para a próxima safra, a meta é bater um milhão de toneladas. “A questão da estiagem dos últimos cinco anos, que perdurou até o final de 2018, inviabilizou, nesta safra, a produção acima de um milhão, mas ficamos colados nesse número. Fizemos investimentos pontuais em estrutura e vamos continuar trabalhando para melhorar o desempenho produtivo. No canavial, vamos focar na renovação do plantio”, adianta Klécio.

Mais etanol 

Em produtos, Pindorama produziu 855 mil sacos de açúcar de 50 quilos (sendo 90% cristal e 10% VHP) e 50,1 milhões de litros de álcool.

A usina Pindorama teve um ciclo mais alcooleiro. A explicação, aponta Klécio Santos, foi a liquidez melhor no mercado para o etanol.

“Produzimos mais etanol ao invés do açúcar VHP, que remunera menor. Fizemos uma proporção de 40% de açúcar para 60% de etanol (na safra anterior o mix foi de 45% x 55%). Com a medida do governo, o imposto foi reduzido, o etanol hidratado teve uma liquidez maior”, atenta.

Ele explica que o que o Governo do Estado fez com o decreto foi criar o crédito presumido, que consegue equiparar os impostos: “o crédito presumido é utilizado para pagar os impostos”, esclarece Klécio.

A escolha de uma safra mais alcooleira veio da demanda do mercado alagoano. “Alagoas é um estado muito pequeno e não consome todo açúcar. O decreto impacta menos no caso do açúcar. Já com etanol, o impacto é maior, tanto para fora quanto para dentro doestado. Mas continua sendo interessante, cada empresa faz seu balanço”, destaca Santos.

Klécio Santos, presidente da Cooperativa Pindorama, faz balanço positivo da moagem na safra de cana 2018/2019

Com 910 mil toneladas, Pindorama registrou a segunda maior safra de cana de sua história no ciclo 2018/2019

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Amorim

    Depois dos dois de crescimento negativo da economia, o desastre do governo do estatizante e enrolado PT, a atividade econômica começa dar sinais de vitalidade. Alvisssareira notícia !!

Comments are closed.