Reforma administrativa termina na próxima semana, avisa RF
   5 de abril de 2019   │     22:38  │  0

Nas últimas semanas o primeiro escalão do governo de Alagoas ganhou novos e “velhos” integrantes.

Até agora foram nomeados sete novos secretários este ano. A fase de reformas, avisou o governador, deve ser encerrada na próxima semana.

“As mudanças estão terminando. Final da próxima semana, quero fazer uma ampla reunião e passar os princípios gerais para que cada um cumpra o seu papel para que possamos pisar no acelerador para o estado avançar”, enfatizou Renan Filho a jornalistas.

As mudanças nas Pastas começaram em janeiro, com o afastamento de alguns secretários, em meio as articulações em torno da eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado.

Entre os que foram afastados, dois retornaram ao primeiro escalão. Mellina Freitas retornou para a Cultura. Fernando Pereira, empossado nesta sexta-feira, 5, estava na Seades e agora assumiu a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado.

No intervalo de janeiro até agora, Ronaldo Lessa assumiu a Agricultura, João Lessa Neto foi para a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, Maurício Quintella assumiu a Infraestrutura e Alexandre Ayres a Saúde. Antes disso, ainda em novembro do ano passado, Luciano Barbosa retornou à Educação.

Contou? Foram sete modificações desde a eleição do ano passado. Para quem está e quer continuar no governo, a boa notícia é que a reforma está no fim.

Ainda a falta ao menos uma substituição a ser feita. Durante a posse de Fernando Pereira, Renan Filho admitiu a jornalistas que vai conversar com integrantes do PRTB sobre a indicação da Ciência e Tecnologia.

Nos bastidores, a informação é que o governador teria combinado a indicação de Cecília Hermann, mulher do prefeito de Pilar, Renato Filho, para a Pasta.

Renan disse na entrevista que tem uma relação boa relação com PRTB.

“Observo com bons olhos a vinda deles para o governo, mas vou conversar com eles nos próximos dias”, ressaltou o governador. Em outras palavras, a decisão já foi tomada.

Em meio a tantas mudanças, a nomeação de Fábio Farias para o Gabinete Civil – outro retorno dado como certo por vários palacianos – segue indefinida.

O ex-secretário, pelo que se sabe, conversou com o governador sobre a volta ao cargo há algumas semanas. A demora, na versão, oficial seria decorrente de “problemas pessoais”.