Alagoas perde Marilda Cansação, uma das mais importantes líderes do seu tempo
   2 de maio de 2019   │     19:53  │  1

Marilda Lopes Cansanção faleceu nesta quinta-feira, 2, aos 88 anos. A informação chegou até aqui pelo presidente da Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas (Asplana), Edgar Filho. “Perdemos hoje uma grande líder de nossa classe, uma mulher que foi referência na luta em defesa da nossa entidade e principalmente pela sua atuação na área social”, afirmou.

Marilda foi, durante muitos anos, presidente da Fafeplan (Fundação Feminina da Asplana). E, lembra Edgar, teve uma atuação marcante no período em que a Asplana tinha maior poderio econômico: “nos tempos áureos ela ajudava a abrir creches, no atendimento da saúde dos trabalhadores rurais e de suas famílias, ajudando sempre os que mais precisavam”, apontam.

Não era só isso. Edgar lembra que Marilda também tinha a “voz firme” e sempre era ouvida na defesa da Asplana: “ela tomava a frente de muitas lutas e sempre com muita determinação e coragem nos ajudava a conquistar muitas vitórias”.

A atuação de dona Marilda Cansanção também é referenciada por outros líderes do setor produtivo de Alagoas, a exemplo do presidente da Federação da Agricultura de Alagoas, Álvaro Almeida e do presidente do Hospital do Açúcar, Edgar Antunes.

A morte dela também foi lamentada duplamente pelo secretário do Gabinete Civil de Alagoas, Fábio Farias, de quem dona Marilda era sogra. “É uma grande perda para nosso Estado. Dona Marilda deixa um legado, deixa um exemplo. Ela dedicou grande parte de sua vida, das suas energias, para ajudar os que mais precisam”, afirmou.

Uma justa homenagem

Em março de 2016, dona Marilda Lopes Cansanção foi agraciada pelo governo de Alagoas com a Comenda Nise da Silveira, entregue pelo governador Renan Filho.

A Comenda é destinada a mulheres escolhidas através de uma seleção do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim), como forma de reconhecimento na luta pela cidadania, em suas respectivas áreas de atuação, em Alagoas e no Brasil.

A comenda exprime “a gratidão de Alagoas pelos feitos que cada uma das homenageadas fez ao longo da vida e simbolizam a perseverança, a generosidade, a inteligência, o talento e a força de trabalho da mulher”.

Um breve histórico de Marilda Lopes Cansanção

Depois de se formar na Escola de Belas Artes da Universidade de Recife, ela voltou para Alagoas e iniciou uma extensa série de trabalhos sociais, ao lado do marido, o industrial Humberto Rubens Cansanção, na Usina Alegria, em Murici.

Construiu creches e escolas para as famílias dos trabalhadores. Como diretora social da Asplana, criou em 1979 a Fundação de Ação Feminina da entidade, e ao lado de outras 150 voluntárias, promoveu a perfuração de poços em áreas carentes de água, além de serviços assistenciais, médicos e odontológicos, com o destaque para a prevenção do câncer em mulheres.

Foi Secretária de Estado do Trabalho e Ação Social na década de 1980, e na década seguinte passou a integrar o Conselho Estadual de Assistência Social, onde permaneceu por 20 anos, inclusive como presidente e vice-presidente.

Marilda Lopes Cansanção

Em março de 2016, Marilda Cansanção recebeu do governador Renan Filho a comenda Nise da Silveira

Versão oficial

Veja texto da assessoria de imprensa da Asplana sobre a perda de Marilda Cansanção

Morte de Marilda Cansanção gera comoção no setor sucroenergético alagoano

O setor sucroenergético alagoano perdeu nesta quinta-feira, 02 de maio, uma das mais importantes personalidades feminina do segmento com forte atuação na área social, Marilda Lopes Cansanção.

Ex-presidente da Fundação Ação Feminina da Asplana (Fafeplan), além de atuar na defesa das fornecedoras de cana de Alagoas nas últimas três décadas, Marilda Lopes era uma personalidade conhecida da sociedade alagoana, desempenhando também atividades de organizações associativas ligadas à cultura e à arte.

Liderança respeitada do setor sucroenergética, Marilda Cansanção foi secretaria de Estado do Trabalho e Ação Social no governo José Tavares, tendo se notabilizado por desenvolver ações também nas áreas de saúde e na mobilização em defesa da mulher.

“Dona Marilda foi uma grande líder feminina na Asplana, promovia também grandes ações sociais junto aos mais carentes. Ela foi uma grande colaboradora e entusiasta da nossa querida Asplana. Vamos sentir muito a falta dela. Era uma pessoa de uma personalidade muito marcante. Toda a nossa classe sente muito a partida dela”, destacou Edgar Filho, presidente da Asplana.

“Dona Marilda, esposa do ex-diretor da nossa Asplana, Humberto Cansanção, foi por demais importante para o lado social da entidade, sempre preocupada com o sucesso da associação. Que Deus a receba e a proteja no seu novo lar”, afirmou Álvaro Almeida, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de Alagoas (Faeal).

“Dona Marilda Cansanção era uma líder nata. Presidente da Fafeplan por longos anos, onde desenvolveu um grande trabalho com os nossos trabalhadores e principalmente com o pequeno fornecedor. Tive a honra de conviver com essa grande mulher, como médico da Fafeplan como também presidente da Asplana”, afirmou Edgar Antunes, presidente da Fundação Hospital da Agroindústria do Açúcar e do Álcool de Alagoas (FHAAAA).

O sepultamento de Marilda Cansanção está marcado para às 10 horas desta sexta-feira, dia 03, no cemitério Parque das Flores, em Maceió, onde o corpo está sendo velado.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Edgar Antunes

    Dona Marilda Cansanção,uma líder nata! presidente da FAFEPLAN por longos anos Onde desenvolveu um grande trabalho com os nossos trabalhadores e principalmente com o pequeno fornecedor. Tive a honra de conviver com essa grande mulher, como Médico da fafeplan e presidente da Asplana. Descanse em paz minha amiga, obrigado por tudo!!!

Comments are closed.