Minha última mensagem para Geraldo Bulhões
   28 de maio de 2019   │     23:15  │  1

Do pó ao pó. Seu corpo consumido pelas chamas agora é apenas memória. Seu espírito, velho amigo, onde estará? Entre aqueles que te conheceram viverás por muito mais tempo. Na boa lembrança, na boa saudade.

Escrevo esta mensagem com o desejo que ela cheque até você de alguma forma. Mando notícias, um resumo do que vi nessas primeiras horas depois de sua morte.

A vida nas Alagoas segue o mesmo ritmo. Não sei se você soube, mas o nosso CSA ganhou a primeira na Série A, poucas horas depois que você fechou os olhos pela última vez. A Assembleia Legislativa não teve sessão nesta terça-feira. Um gesto, uma reverência dos deputados estaduais ao que você representou por aqui.

Muitas mensagens de luto e despedidas nas redes sociais. Até do governador Renan Filho, que hoje está na cadeira que um dia você ocupou.

O governo do Estado, o Poder Legislativo e a prefeitura de Maceió – e certamente várias outras prefeituras Alagoas afora decretaram luto de três dias em virtude de seu falecimento.

Seu corpo foi velado com direito a guarda de honra da nossa Polícia Militar. Uma homenagem solene do Estado que você tão bem serviu.

As coroas de flores chegaram em grande quantidade com mensagens de gratidão. O livro à porta da capela onde seu corpo foi velado recebeu muitas assinaturas, algumas acompanhadas de pequenos agradecimentos e desejos de que sua alma seja acolhida por Deus.

Seus amigos, parentes e admiradores foram ao velório no Parque das Flores, bem perto de onde você viveu os últimos anos. Os mais próximos, aqueles que te chamavam de G estavam por lá. A turma do GB, o Gente Boa, que te acompanhou em tantos momentos também não faltou.

Ouvimos boas histórias, muitas passagens.

Isnaldinho se encarregou de lembrar alguns dos seus conselhos, que certamente foram úteis para que ele conseguisse ocupar hoje a cadeira que um dia você ocupou na Câmara dos Deputados.

Isnaldo, Renilde, Marcelo Victor, Paulo Dantas, Oscarzinho, Luciano Góis, Aderval Viana, Marcelo Arruda, Gastão, Dil… e tantos outros passaram para te ver no tempo que lá fiquei. Tantos mais passaram na minha ausência.

Deputados, prefeitos, vereadores, amigos e mais amigos estiveram por lá em outros momentos.

Pedro Vieira, o professor e político foi lá pela manhã dessa terça e pode ver a banda da PM tocando em sua homenagem, enquanto seu corpo era colocado no carro para ser transportado para Recife.

E João Caldas, posso lhe assegurar, foi um dos que sentiu mais profundamente sua partida. Foi também um dos últimos a te ver, no Recife, ao lado de Guila e Isnaldinho, momentos antes da cremação.

“Perdemos nosso amigo”, me disse JC logo após as chamas se apagarem.

Perdemos sim. Mas fica a saudade. E a gratidão.

Obrigado Geraldo Bulhões.

Vai com Deus GB. Até um dia.

Edivaldo Junior

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.