Cunha x Barbosa: próximo governador deve “sair” de Arapiraca
   9 de junho de 2019   │     23:02  │  0

Ainda distantes para o eleitor, as eleições municipais de 2020 estão na ordem do dia dos caciques da política alagoana.

No próximo ano os principais líderes políticos do Estado vão medir forças de olho no Palácio dos Palmares.

Quem será o sucessor de Renan Filho? Ainda é cedo para arriscar um nome, ainda mais nesses tempos em que as redes sociais podem ajudar a produzir surpresas de última hora.

Mas sem fato novo, tudo aponta para uma disputa entre dois importantes líderes políticos de Arapiraca.

Os Rodrigo Cunha  (PSDB) e o vice-governador Luciano Barbosa (MDB) travam desde já uma disputa nós bastidores para viabilizar suas  candidaturas ao governo.

Neste jogo os dois tentam se fortalecer com alianças nos principais municípios do Estado.  Por aí passam necessariamente conversas com grupos políticos já consolidados e também novas forças. Sobrenomes como Pereira, Beltrão, Canuto, Albuquerque, Dantas, Damasceno, Novais, Toledo,  Garrote, Vilela e Moura entre outros são cobiçados por ambos os grupos.

Terá mais sucesso na empreitada quem conseguir eleger os sucessores de Rogério Teófilo em Arapiraca e Rui Palmeira em Maceió.

Nomes como Ricardo Nezinho, Severino Pessoa, JHC, Alfredo Gaspar e Davi Davino Filho ajudam a tornar mais complexo os movimentos em busca de hegemonia nas duas maiores cidades de Alagoas. Isso sem falar do PSL correndo por fora, especialmente na capital.

O grupo que sair na frente em Maceió e Arapiraca ganha uma importante vantagem e amplia chances de fazer o próximo governador de Alagoas.

Seráu nome de Arapiraca ou alguém aí arrisca um palpite diferente?