Deputados cobram “DNA” de Renan Filho na Reforma da Previdência
   9 de junho de 2019   │     18:33  │  0

O governador de Alagoas tem sido um dos mais enfáticos na defesa da inclusão de Estados e municípios na proposta de Reforma da Previdência que está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Nessa quinta-feira, 6, ele assinou carta ao lado dos outros governadores do Nordeste, defendendo a manutenção do BPC e aposentadoria rural e que a reforma da previdência dos Estados seva incluída na proposta que está no Congresso Nacional (veja link abaixo).

Muitos enxergam nesse movimento uma “tentativa” de Renan Filho escapar da pressão popular. Afinal, ao fazer uma reforma estadual, o governador teria de lidar diretamente com os servidores públicos. E algumas categorias, especialmente militares e professores que devem ser atingidos pela reforma nacional tem grande poder de mobilização.

Embora nunca tenha dito – pelo que me lembro – ser contra a Reforma da Previdência, Renan Filho deverá colocar seu “DNA” no tema, mandando para a Assembleia Legislativa de Alagoas uma proposta de reforma da previdência estadual. Esse pelo menos é o desejo de alguns deputados estaduais.

O tema foi a debate na sessão da Assembleia Legislativa na última quinta-feira, 6, durante apartes no pronunciamento do deputado estadual Davi Maia (DEM) . O líder do governo, Sílvio Camelo (PV) e o oposicionista Bruno Toledo (PROS) trocaram farpas (veja texto a seguir).

“O plano dos governadores era ficar com o bônus da reforma e de ser contra a reforma da previdência sem se posicionar à favor. Bom ver o governador calçar as sandálias da humildade”, disse Davi Maia.

“A minha opinião vai continuar a mesma. Vou apoiar (a reforma) as é importante que cada um colocar o seu DNA, inclusive o ‘nosso querido e muito bem avaliado’ na mídia social governador Renan filho”, reagiu Bruno durante a intervenção.

O parlamentar emendou: “o governador Renan filho é um fruto da mídia social. O governador gosta muito de se pautar pela mídia, do ouvir dizer, pelo senso comum. Gosta de estar bem e aí quando a pauta vem para o colo dele, aí a coisa aperta”.

Para Toledo Alagoas tem que discutir a reforma: “Esta casa tem que deliberar sobre esse tema. Nós parlamentares aqui precisamos conhecer as necessidades de alterações na questão previdenciária. E aí porque o governador, agora, quer que permaneça só na questão federal?”, questionou.

O debate sobre o tema foi tão acalorado que, ao fim da discussão, o presidente da Casa, deputado Marcelo Victor (SD), lembrou que o governador Renan Filho nunca foi contra à Reforma da Previdência, mas se posicionou de forma contrária ao fim da aposentadoria rural e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Davi Maia “elogiou” posição do governador Renan Filho

Versão oficial

Veja o texto da Assessoria de Comunicação da ALE/AL:

Davi Maia cobra repostas de ofícios enviados ao IMA e à Casal

O deputado Davi Maia (DEM), durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 06, cobrou do Governo do Estado, do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e da Casal respostas aos ofícios enviados por seu gabinete. “São ofícios que tratam, por exemplo, sobre o bairro do Pinheiro, onde pedimos que o IMA preste informações sobre seu quadro técnico, questionando se existem geólogos trabalhando no órgão, além de informações sobre o pagando de convênios. Em outro ofício pedimos informações sobre crimes ambientais cometidos pela Casal”, destacou.

Davi Maia destacou ainda que o governador Renan Filho tomou uma atitude que merece aplausos. Segundo o parlamentar, Renan foi a Brasília pedir que os deputados federais não retirassem os Estados da Reforma da Previdência. “Ele se redimiu porque, até poucos dias atrás, assinou uma carta dizendo que era contra essa reforma. O plano dos governadores eram ficar com o bônus da reforma e de ser contra a reforma da previdência sem se posicionar à favor. Bom ver o governador calçar as sandálias da humildade”, disse.

Em aparte, o líder do Governo, deputado Sílvio Camelo (PV), disse que mudar de ideia é importante, principalmente quando se é convencido da melhor alternativa para o Estado. “Quem tem ideia fixa é doido, e o governador não é doido. Renan Filho não precisa calçar a sandália da humildade porque ele já é uma pessoa humilde, anda no meio do povo, nas feiras livres e nas grotas de Maceió. É uma pessoa que faz planejamento para aqueles que realmente precisam e tem 85% de aprovação em quase todas as cidades”, disse.

Também em aparte, o deputado Bruno Toledo (PROS) disse que o país vive um tempo político muito temerário, onde as pautas manifestadas são quase sempre midiáticas com um olhar populista. “O efeito dos marqueteiros profissionais e das mídias sociais causa o afastamento natural das pautas necessárias e honestas. É necessário que cada um coloque seu DNA na reforma da previdência e, por conta disso, quero parabenizar o presidente Jair Bolsonaro que enfrenta essas pautas de forma responsável”, afirmou.

Ao fim da discussão, o presidente da Casa, deputado Marcelo Victor (SD), lembrou que o governador Renan Filho nunca foi contra à Reforma da Previdência, mas se posicionou de forma contrária ao fim da aposentadoria rural e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Leia aqui, na íntegra: Davi Maia cobra repostas de ofícios enviados ao IMA e à Casal

 

Veja a carta dos governadores do Nordeste sobre a reforma da previdência:  CARTA DOS GOVERNADORES DO NORDESTE

Saiba mais

Governadores pedem que reforma da Previdência atinja estados

 

Três cartas, 27 governadores e a batalha para entrar na reforma da Previdência