AL deve ‘ganhar’ muito com maior descoberta da Petrobras desde o pré-sal, diz RF
   16 de junho de 2019   │     19:05  │  0

O título da reportagem do Estadão deste domingo, 16 – “Petrobrás faz a maior descoberta desde o pré-sal, em Sergipe e Alagoas” – vem dando o que falar. E não é para menos.

Divulgada em maio, a descoberta deve gerar R$ 7 bilhões de receita por ano à Petrobras e sócias, calcula a consultoria Gas Energy.

Pelos dados do Ministério das Minas e Energia, para delimitar o reservatório e construir um gasoduto até a costa de Sergipe, a Petrobrás deve gastar US$ 2 bilhões ainda neste ano.

A estatal não revela os planos para a região. Por meio de sua assessoria, informou apenas que “as águas profundas de Sergipe vêm mostrando grande potencial para o desenvolvimento”. Por enquanto, a estatal está trabalhando apenas na exploração, mas não na produção dos campos.

Outro detalhe deve ser observado. A bacia onde o petróleo foi encontrado é a de Alagoas e Sergipe. Mas por enquanto todos os investimentos estão previstos para Sergipe, porque foi nas águas profundas daquele Estado que os poços foram encontrados.

Será que “sobra” alguma coisa para Alagoas? Renan Filho acredita que sim. O governador repercutiu a reportagem em suas redes sociais e disse que essa descoberta trará novos investimentos para Alagoas.

“Foi aqui nas bacias de Alagoas e Sergipe uma descoberta muito importante para o nosso estado. Nós já estamos há um bom tempo nos preparando para colher dessa descoberta. Novos investimentos e geração de oportunidade para o nosso Estado. Como todo mundo sabe, Alagoas sempre foi muito importante na exploração de óleo e gás para o país. Aqui os primeiros Campos de petróleo começaram a ser explorados e eu espero que agora com essa descoberta em mar tanto para Alagoas quanto para Sergipe a gente tenha em condição de receber investimento. De dar a nossa contribuição também para o desenvolvimento do país”, disse Renan Filho.

O governador prometeu ir “ mostrando para vocês ao longo dos próximos meses como será o desdobramento desse segmento que tende a crescer bastante nos próximos anos”.

Renan Filho deve saber bem mais do que diz a reportagem, até pela função que exerce. É de se esperar portanto, que Alagoas também se beneficie com essa grande descoberta da Petrobras. A conferir.

Plataforma da Petrobras na bacia Alagoas-Sergipe

Veja a reportagem do Estadão

Petrobrás faz a maior descoberta desde o pré-sal, em Sergipe e Alagoas

De seis campos de exploração, Petrobrás espera extrair cerca de 20 milhões de m³ por dia de gás natural, o equivalente a um terço da produção atual brasileira; investimentos necessários para limitar área e construir gasoduto são de R$ 2 bi

Leia aqui, na íntegra:

Petrobrás faz a maior descoberta desde o pré-sal, em Sergipe e Alagoas