Movimento sindical de Alagoas perde um dos seus líderes mais atuantes
   8 de julho de 2019   │     13:13  │  1

Sorriso sempre aberto, gentil no trato com todos, Cícero Domingos de Oliveira conseguiu se consolidar no movimento sindical de Alagoas pela sua capacidade de luta e liderança.

Ele atuou uma vida inteira no movimento sindical representando os trabalhadores rurais de Alagoas. Foi presidente do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Atalaia, diretor da Fetag-AL , foi fundador e primeiro presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados e Assalariadas Rurais (FETAR-AL), criada a partir da separação da Fetag-AL por recomendação da Justiça do Trabalho

Cícero tinha 57 anos e faleceu na manhã desse domingo, 07. O dirigente sindical sofreu um AVC, na sexta-feira passada, não resistindo às complicações decorrentes do trauma.

“Cícero Domingos era um amigo de luta e a ausência dele do nosso meio causará uma perda imensa em defesa dos assalariados rurais de Alagoas. Muito me orgulha de quando secretário de Formação da Fetag-AL, ter contribuído para a criação da Fetar-AL e articulado para que o Cícero fosse o presidente”, declarou Givaldo Teles, presidente da Fetag-AL.

A Fetar-AL informou que o velório do dirigente sindical está sendo realizado no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Atalaia com o sepultamento previsto para hoje, 08, às 16h, no cemitério de Atalaia.

 

Repercussão

O falecimento de Cícero Domingos causou comoção no movimento sindical rural e no setor sucroenergético alagoano.

“Recebi a notícia do falecimento do Cícero Domingos com muita tristeza. Foi um grande líder no segmento dos trabalhadores rurais como um todo, onde fazia uma defesa fantástica da categoria. Ele era um defensor da classe e exercia uma liderança muito grande. Tinha acesso e transitava bem por todos os segmentos da classe, desde o usineiro até fornecedor de cana, fazendo sempre a defesa do trabalhador rural. O setor como um todo vai sentir a perda deste grande líder e deste grande ser humano”, declarou Edgar Filho presidente da Associação dos Plantadores de Cana do Estado de Alagoas – Asplana.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de Alagoas (Faeal), Álvaro Almeida, também destacou a importância de Cícero Domingos para a agricultura alagoana, em especial, para o segmento canavieiro.

“Foi uma perda lamentável. Cícero era um dirigente participativo nas discursões que envolviam os trabalhadores rurais. Sempre teve um comportamento adequado a função de presidente de sindicato. Em nome da Faeal e do Senar-AL, lamentamos muito essa perda”, afirmou.

 

Presidente da Fetar-AL, Cícero Domingos faleceu aos 57 anos

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Marcos Lima

    Conhecí Cicero Domingos, como lider sindical, romeiro de Padre Cicero, participante do programa Farinha Quebradinha e amigo do Eudes Santos. Era uma pessoa simples e comunicativa. Que DEUS lhes de um bom lugar ao lado dos seus

Comments are closed.