Deputados e senador de AL precisam de votos para não ficar na “lanterninha” de prêmio
   18 de agosto de 2019   │     2:21  │  3

Dos 12 parlamentares federais de Alagoas – 9 deputados e 3 senadores – apenas 6 estão na disputa em um das mais importantes premiações da política brasileira na atualidade, o prêmio Congresso em Foco.

A avaliação é criteriosa. De acordo com o regulamento, os congressistas mais bem avaliados serão escolhidos por meio de três filtros: votação popular, júri especializado e jornalistas que cobrem o Congresso. Os vencedores serão anunciados em cerimônia marcada para 19 de setembro.

A votação na internet vai se estender de 1º a 31 de agosto. E neste quesito os alagoanos deixam a desejar – e muito. Ao menos por enquanto.

No resultado parcial da votação, divulgados essa semana, nenhum alagoano aparece nas primeiras posições. Ao contrário. As melhores posições são um 40o lugar no Senado e um 146o lugar na Câmara dos Deputados.

O único senador alagoano que participa do prêmio, Rodrigo Cunha (PSDB-AL), tem até agora, segundo parcial do dia 15 de agosto, 402 votos e aparece na 40a posição do ranking entre 54 senadores.

Na disputa do prêmio no Senado, os líderes são Major Olimpio (PSL – SP), com 13.717 votos, Álvaro Dias (Podemos -PR), com 11.313 e Paulo Paim (PT – RS), com 10.056.

No ranking de melhor deputado federal, o melhor representante de Alagoas até o momento é Marx Beltrão (PSD – AL) na 146a posição, com 175 votos até o dia 16 passado. Em segundo entre os deputados de Alagoas em na posição 165a no ranking geral aparece Tereza Nelma (PSDB – AL) com 155 votos. Na posição 287 entre 410 deputados, JHC (PSB – AL) aparece com apenas 59 votos, à frente de Nivaldo Albuquerque (PTB – AL) na posição 401 e 8 votos e de Sérgio Toledo (PL – AL) na posição 407 e 5 votos.

No ranking geral, quem lidera é Marcelo Freixo (Psol – RJ) com 9.903 votos, seguido de Carla Zambelli (PSL – SP) com 8.159 e David Miranda (Psol – RJ) com 8.094 votos.

Quer ajudar os alagoanos a melhorar de posição?

Cada pessoa tem direito a votar uma vez e em cada voto é possível escolher até 10 deputados federais e 3 senadores, além de escolher três nomes para cada uma das categorias especiais do prêmio.

Quer dar uma forcinha para os parlamentares de Alagoas? É só acessar o site dar o seu voto.

Acesse aqui: https://premio.congressoemfoco.com.br/polls/free/25

Alagoanos também vão mal nas categorias especiais

Além de apontar os melhores deputados e senadores do ano, o Prêmio Congresso em Foco conta com três categorias especiais neste ano: Parlamentares pelo Clima & Sustentabilidade, Valorização dos Bancos Públicos e Apoio ao Empreendedorismo.

Também nestas categorias os alagoanos estão bem abaixo da média.

Na categoria Bancos Públicos Marx Beltrão lidera entre os alagoanos, com 130 votos, seguido de Tereza Nelma com 120 votos, JHC com 36 votos e Nivaldo Albuquerque com 20 votos.

Na categoria Apoio ao empreendedorismo Tereza Nelma (PSDB – AL) lidera com 169 votos, seguida de Nivaldo Albuquerque (PTB – AL) com 95 votos.

Na categoria Clima e sustentabilidade, quem lidera é Marx Beltrão com 156 votos, seguido de Rodrigo Cunha com 128 votos e JHC com 99 votos.

De fora

Influentes parlamentares de Alagoas no Congresso Nacional, segundo outros critérios de avaliação, estão foram do prêmio Congresso em Foco. Os deputados Arthur Lira (PP) e Isnaldo Bulhões (MDB) e os senadores Renan Calheiros (MDB) e Fernando Collor têm uma atuação destaca na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Nesse prêmio não dá para saber como eles se sairiam, mas certamente devem ser apontados como os mais influentes em outras “ferramentas” como o Ranking dos Políticos ou o Cabeças do Congresso.

Saiba mais

Prêmio Congresso em Foco 2019: veja quem está na disputa

Vote aqui: Prêmio Congresso em Foco 2019

Major Olimpio se descola de Alvaro Dias na disputa de melhor senador

Marcelo Freixo e Carla Zambelli disputam liderança por prêmio de melhor deputado

 

 

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Johann Sebastian Bach

    CONSELHO DA VOVÓ
    Minha avó dizia, que “cada ovelha procura a sua parelha”.
    A revista Veja “encontrou a sua parelha”, na reportagem de capa de 11 de agosto, homenageando o Dr. Tofoli, garante jurídico da velha ordem, cujo líder máximo está na cadeia. Além disso, a revista enlameou-se, atacando a Lavajato.
    Sem novidades, porque a mídia em geral é mero instrumento de dominação do Brasil, pela pirataria internacional. Portanto, os patrões internacionais da política partidária, não vão deixar falir suas ferramentas de mídia, seja Globo, Veja ou as outras. Todas vão continuar o seu trabalho sujo. Só que antes a mídia era paga com o nosso dinheiro e agora, seus patrões vão pagar a conta. O complicador para os inimigos do Brasil é a internet, que rompeu a conspiração do silêncio de jornais e revistas. A chance dos patriotas vencerem a guerra é real. Os combatentes nacionalistas devem manter-se nas trincheiras , porque a batalha presidencial de 2022 será sangrenta. A velha ordem do crime tudo fará para retornar ao poder.
    A sobrevivência do Brasil como país livre e soberano dependerá de cada um dos patriotas . É agora ou nunca!
    BRASIL ACIMA DE TUDO!!!

    👉🇧🇷👉🇧🇷👉🙏

  2. Nivaldo

    Isso não é novidade não, políticos alagoanos sempre foram carreiristas e só defendem o seu próprio umbigo, meu voto para eles é zero pois nunca fazem nada para a nação a não ser lapidar o erário.

Comments are closed.