37ª Expo Bacia: abertura é marcada pela expectativa de retomada do setor 
   4 de outubro de 2019   │     20:01  │  0

A 37ª Expo Bacia Leiteira abriu as portas do Parque Mair Amaral oficialmente na quarta-feira,2, em Batalha/AL e segue até este sábado, 5. O evento reúne criadores de Alagoas, Sergipe, Paraíba, Pernambuco e Bahia, entre outros Estados. São mais de 500 animais participando da exposição, julgamentos e torneio leiteiro.

A abertura da exposição contou com presença de autoridades, entidades e do governador Renan Filho. O evento foi marcado pelo clima de recuperação,  bons negócios e avanços produtivos.

Os produtores aproveitaram para apresentar ao governador  demandas por redução da carga tributária,  com o objetivo de viabilizar escoamento de parte da produção de leite para estados do nordeste – especialmente Pernambuco.

A assinatura de acordo quer permitiu a comercialização de leite in natura com Bahia e Sergipe, a partir de abril de 2019, ajudou a recuperar os preços pagos ao produtor em cerca de 30%. Antes do acordo, assinado entre os governos dos três estados, o preço pago pelo leite era de cerca de R$ 1 e agora está em cerca de R$ 1,30.

Segundo as entidades que representam os produtores, se o governo conseguir acordo igual (comercialização do leite in natura sem impostos) com Pernambuco, o preço pago ao produtor pode melhorar um pouco mais.

Recuperação

Após uma crise enfrentada no início do ano, a Expo Bacia Leiteira chega para consagrar o trabalho da bacia leiteira que envolve a economia de 28 municípios, produzindo mais de 80% de todo o leite de Alagoas (cerca de 800 mil litros por dia).

Segundo Domicio Silva, presidente da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), o evento será substancial   para recuperação  após crise  enfrentada no começo do ano.

 “Estamos em plena retomada, já com bons resultados. O setor sai de uma dificuldade climática, mas tivemos bom inverno e vivemos expectativa positiva para elevação de preço. Parabenizamos parabeniza a prefeitura e  governo por esse evento que se tornou  importante para  o nordeste, tendo Batalha tem como berço referencial da qualidade do leite”, destacou Silva.

O governador Renan Filho aproveitou a ocasião para enfatizar os investimentos feitos em investimentos  em melhoria genética, transferência de embriões, mecanização da produção, em apoio às prefeituras.

“Abrimos o mercado e fizemos uma área de livre comércio com Sergipe e Bahia e queremos fazer isso com Pernambuco. Isso vai aumentar as possibilidades de venda do produto local, aumentar a rentabilidade para o produtor, e aumentar o equilíbrio para esse setor que vive momentos de  dificuldade”,  disse Renan Filho.

Maior e melhor a cada ano, a Expo Bacia Leiteira reune mais de 500 animais em exposição, torneio leiteiro e julgamentos  das raças gir leiteiro e girolando, incluindo a participação do rebanho da agricultura familiar. O evento ainda vai levar ao criador as últimas novidades do setor através de Seminários, cursos e oficinas.

Apoiador do evento, o deputado Paulo Dantas, enfatizou a importância da articulação política em proteção ao setor.  “O cenário do leite tem avançado, saímos do valor de R$ 1,00 para R$ 1,30, e vamos reforçar esse acordo com o estado de Pernambuco para viabilizar a comercialização.  Estaremos na Assembleia para ajudar aos alagoanos seja aprovando os créditos que o governador encaminhar quanto aprovando projetos como o de produção de queijos artesanais”,

A Expo Bacia Leiteira segue até sábado ,4,  em Batalha, com programação diária gratuita, das 8h às 22h. O evento também oferece opção de lazer paras as famílias com programação de shows e parque infantil, além de estrutura de parque de alimentação  e estandes.