Em dois leilões nelore, Expoagro fatura R$ 4,2 mi: agora só falta um remate da raça
   29 de outubro de 2019   │     17:25  │  0

As expectativas estão sendo confirmadas. Todas. E acima do esperado. Os dois primeiro leilões da raça nelore realizados durante a Expoagro 2019 faturaram juntos mais de R$ 4,2 milhões.

Na comparação com os mesmos remates realizados na edição anterior da exposição, o volume de negócios cresceu até 90%, confirmando o bom momento da pecuária alagoana.

No Estado, o aquecimento do setor é puxado pelo aumento da demanda por boi gordo, que já se reflete nos preços pagos ao produtor. Na última semana a arroba foi comercializada em Alagoas por cerca de R$ 170 ante R$ 160 de média no primeiro semestre deste ano.

A procura por novilhas, bezerros e bezerros de corte também está aquecida. Na última semana a arroba do bezerro foi comercializada em média a R$ 200 em Alagoas, refletindo a necessidade de reposição dos rebanhos para atender criatórios comerciais.

O aquecimento da pecuária termina favorecendo a comercialização de animais durante a Expoagro Alagoas, considerado a exposição agropecuária em termos de faturamento do Nordeste.

Com os dois primeiros leilões voltados para a pecuária de corte já realizados, resta para o produtor apenas mais uma oportunidade. Nesta terça-feira será realizado o Nelore Positivo.

Positivo

A edição comemorativa dos 15 anos do Leilão Nelore Positivo acontece nesta terça-feira (29), a partir das 19h, no tatersal do Parque da Pecuária.

Considerado um dos remates mais democráticos do Nordeste, a criação CPMF oferta uma prateleira selecionada com qualidade e sem artificialidade, preparada para enriquecer o rebanho dos criadores de todo o Brasil.

O promotor do evento, Celso Pontes de Miranda Filho, disponibilizou o catálogo digital do leilão no endereço da Agreste Leilões na web, o www.agresteleiloes.com.br. No remate serão disponibilizados reprodutores e matrizes nelore PO avaliadas e provadas, bezerros e bezerras e novilhas para cria, recria e engorda.

Um dos segredos da excelência na criação de Celso Pontes de Miranda Filho, promotor do evento, está no desenvolvimento de um padrão genético equilibrado, buscando atender as diversas necessidades dos pecuaristas. “Em nosso plantel, procuramos não polarizar demais a genética. Trabalhamos para imprimir nos animais características fechadas e padronizadas, proporcionando que nosso gado seja conhecido por seus atributos genéticos e produtivos, fortalecendo a marca CPMF nos rebanhos”, afirma Celso.

O remate poderá ser acompanhado ao vivo pela internet através do site da Agreste Leilões www.agresteleiloes.com.br.

Veja os resultados

Nelore Barros Correia alcança 90,4% de crescimento

Reunindo mais de 750 pessoas na Fazenda Recanto, em Viçosa, no último sábado, 26, o 18º Leilão Nelore Barros Correia comemorou o trabalho de 40 anos com a raça em grande estilo. O remate fez um dos maiores volumes de vendas de 2019 e entrou para o ranking dos maiores leilão da raça no Nordeste com faturamento R$ 2,85 milhões, em crescimento de 90,4% na comparação com a edição anterior.

Do tatersal dos Irmãos Barros Correia (IBC) saiu o bezerro mais valorizado da região, vendido por R$ 180 mil. A comercialização de 50% do touro 8986B.CORREIA resultou na segunda maior transação financeira do remate, sendo arrematado por R$ 90.000,00. A fêmea SASHA B. CORREIA conquistou a cifra de R$ 76.500,00 e foi terceira mais valorizada do plantel.

“Nosso leilão faz uma oferta completa em qualidade e em serviço de atendimento com garantia de entrega em perfeita condição. Nesse ano, conseguimos ampliar nosso espaço físico e para o ano que vem é continuar trabalhando o gado”, relatou Celso.

Antes do remate, os IBC abriram as instalações da Fazenda Recanto para um Dia de Campo sobre Pecuária de Corte e almoço de confraternização com criadores.

Leilão IBC conseguiu um dos maiores faturamentos do ano

Leilão Varrela Produção alcança o crescimento de 75% nas vendas

O Leilão Varrela Reprodutores Provados 2019 realizado no último domingo (27), no tatersal do Parque da Pecuária, ofertou animais dotados de confiabilidade genética e funcionalidade a campo, garantindo um crescimento de 75% nas vendas em relação ao remate de 2018. No total, o faturamento do remate foi de R$ 1.356.350,00.

A Varrela Pecuária ofertou 60 lotes de reprodutores e matrizes nelore PO avaliadas e provadas, bezerros e bezerras e novilhas para cria, recria e engorda. A média de comercialização dos touros c chegou a R$ 17,5 mil e é uma das maiores registradas na região até o momento.

Os destaques do leilão foram os lotes de 16 fêmeas nerole comercializadas a R$ 64 mil e Echelon FIV Varrela, campeão da prova de ganho de peso da Embrapa/GO, vendido por R$ 160.000,00. De acordo com Rodrigo Loureiro, diretor da Agreste Leilões, o crescimento de faturamento do leilão é uma resposta aos investimentos feitos pela Varrela Pecuária para entregar animais de qualidade e produtividade.

“A Varrela Pecuária continua realizando grandes trabalhos para produzir uma seleção bovina de destaque. O grupo é o pioneiro em apresentar um gado moderno, com avaliação, preparado para suprir as necessidades de seus criadores. Tivemos um remate bastante proveitoso, com muitos animais preparados para fazer a diferença na criação de seus compradores e tínhamos a certeza que o crescimento do leilão seria expressivo”, pontua Loureiro.

Leilão Varrela aumentou faturamento em mais de 75%