Deputados falam com “futuro governador” de igual para igual
   7 de novembro de 2019   │     20:42  │  3

A ida do secretário de Educação e vice-governador de Alagoas à Assembleia Legislativa foi marcada por um protesto inesperado de professores – que cobram reajuste salarial – e tratamento de “igual para igual” dos deputados estaduais.

Luciano Barbosa compareceu ao Legislativo atendendo requerimento. Ele foi ouvido na Comissão de Educação, Cultura e Turismo da Assembleia Legislativa nessa quarta-feira, 6.

Mesmo com toda a “blindagem” providenciada com muita habilidade pelo líder do governo na Casa, Sílvio Camelo (PV), Barbosa não escapou de perguntas mais diretas de deputados independentes e da oposição.

O ‘clima’ da reunião foi bem mais ameno do que o esperado. A previsão era que Luciano tivesse atendido o ‘convite’ em setembro passado. As várias remarcações de agenda ajudaram a baixar a ‘poeira’ e deu mais tempo para a equipe da Educação preparar as respostas.

Nada chamou mais a atenção, no entanto, do que a ‘saída’ para a declaração do vice (“enquanto os cães ladram a caravana passa”) que irritou – e muito – os deputados.

Ao ser questionado por Francisco Tenório (PMN), que tem sido um dos seus críticos, Luciano Barbosa disse que tinha se referido a alguns outros setores que “trabalham contra” e que na visão dele – acreditem ou não – os deputados também “estavam na caravana” em favor da educação.

De resto, Luciano se limitou a responder questões pontuais de denúncias e perguntas sobre o transporte escolar, escola militar, projetos do Governo que estão na Casa, Prova Brasil, Obras inacabadas, Escola 10, entre outros assuntos inerentes a pasta.

A maioria dos deputados avaliou que Luciano Barbosa foi tratado de igual para igual e que no frigir dos ovos , o ‘recado’ foi dado. “O vice-governador sabe que não pode brincar com esta Casa, mesmo sabendo que poderá assumir o governo (em função de uma possível desincompatibilização do governador). Nem ele, nem o governador e nenhum representante de outro Poder”, me confidenciou um dos deputados presentes à reunião.

Davi Maia (DEM), Francisco Tenório (PMN), Cabo Bebeto (PSL), Marcelo Beltrão (MDB) e outros que assinaram o requerimento e fizeram perguntas na reunião se deram por satisfeitos – ao menos por enquanto. E Sílvio Camelo, que ajudou a apaziguar os ânimos, agora deve concentrar os esforços a partir de agora na aprovação do Orçamento do Estado. Mas essa é outra história.

Versão oficial

Veja texto produzido pela assessoria da Assembleia Legislativa sobre a reunião com o vice-governador: Parlamentares se reúnem com vice-governador para tratar de assuntos ligados à Educação

 

Luciano Barbosa participa de reunião convocada por deputados estaduais

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. MARIA DO CARMO DE SOUSA CAVALCANTE

    Edivan, leia a matéria. Está dizendo que em “caso” de vacância, Luciano assume o governo.

Comments are closed.