Rock, drogas e a confusão mental do presidente da Funarte
   2 de dezembro de 2019   │     18:51  │  0

O novo presidente da Funarte, Dante Mantovani, parece ter “viajado” nas ideias. “Viajou” tanto que conseguiu entrar para o time que prestaria um favor ao governo e ao país e ficasse calado.

Em depoimento considerado lamentável, Mantovani que disse que o rock induz às drogas, ao aborto e ao satanismo.

O senador Renan Calheiros (MDB) reagiu pelas redes sociais às declarações de Dante, em tom didático: “que substância terá causado essa confusão mental no presidente da Funarte? Em vez de despejar delírios nas redes, deveria se importar com o que realmente importa. Rock”.