Maceió tem 10 pré-candidatos a prefeito; 4 com chances de ir ao 2o turno ‘hoje_
   26 de janeiro de 2020   │     20:36  │  1

Pelo cenário que está posto hoje, já são ao menos 10 pré-candidatos confirmados à prefeitura de Maceió.

Entre os nomes já confirmados, pelos próprios pré-candidatos, estão Basile Christopoulos (PSOL), Cícero Almeida (PSDC), Cícero Filho (PCdoB), Flávio Moreno (PSL), Ricardo Barbosa (PT) e Ricardo Santa Ritta (Avante).

Outros dois nomes foram ‘lançados’ pelos diretórios nacionais de seus partidos: João Henrique Caldas (PSB) e Ronaldo Lessa (PDT).

Davi Davino Filho (PP) e Alfredo Gaspar de Mendonça (Sem Partido) também são pré-candidatos, mas só devem confirmar em fevereiro.

Essa ‘lista’ pode até crescer, mudar de nomes, mas tudo aponta para um cenário com algo entre o mínimo de 6 e o máximo de 10 pré-candidatos.

Se as eleições fossem hoje (ainda falta muito chão pela frente, com possibilidade de mutias surpresas), quatro candidatos disputariam as duas vagas para o segundo turno: João Henrique Caldas (PSB), Ronaldo Lessa (PDT), Davi Davino Filho (PP) e Alfredo Gaspar de Mendonça (Sem Partido) aparecem persistentemente tem todas as pesquisas nas primeiras colocações.

Dependeria ‘apenas’ dos apoios, alianças e desempenho individual para ‘chegar’ lá. Quem fizer a melhor pré-campanha, larga na frente, com boas chances de ir para o segundo turno.

Café da manhã reuniu pré-candidatos a prefeito de Maceió e dirigentes partidários

Preparando o debate

A julgar pela foto que circulou nas redes sociais na quarta-feira feira passada, alguns pré-candidatos ainda buscam o apoio um dos outros ou pelo menos tentam estabelecer relações que garantam uma disputa mais limpa, sem ataques pessoais e focada num debate de propostas.

Esse foi o propósito de um café da manhã realizado com alguns dos pré-candidatos a prefeito essa semana.

Estavam lá No o ex-governador Ronaldo Lessa(PDT), Ricardinho Santa Rita(Avante), Cícero Filho (PC do B), Basile Christopoulos(PSOL), além de alguns representantes de outros partidos, entre eles Juca Carvalho (Cidadania) e Eduardo Rossíter (PROS).

Outros candidatos foram convidados, mas preferiam não dar as caras por lá.

O que eles definiram? Cada um vai tocar a pré-campanha, mas com se uniram no objetivo de estimular a participação em entrevistas, sabatinas e debates na fase de pré-campanha.

Se eles vão trocar farpas mais á frente? É esperar e conferir.

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Santos

    Uma decisão impensada pode trazer consequências para uma vida inteira. Alfredo Gaspar de Mendonça precisa pensar e repensar várias vezes antes de deixar o certo pelo incerto (MPE vs PMM). Somente aqueles que já participaram de uma campanha politica para o executivo, sabem o que é ter a sua vida e de seus familiares vasculhadas e divulgadas durante o período eleitoral. E de nada adianta desmentir, sempre ficará alguém com dúvida. Será que vale a pena se sacrificar por amor a Cidade de Maceió?

Comments are closed.