Luciano, Rui e Rodrigo podem se consolidar como candidatos a sucessão de RF
   29 de janeiro de 2020   │     23:40  │  1

As definições dos candidatos a prefeito nas maiores cidades de Alagoas – especialmente Maceió e Arapiraca – apontam os caminhos para 2022.

Na oposição, o prefeito da capital, Rui Palmeira (PSDB), já avisou que pretende disputar o Palácio dos Palmares em 2022. Por isso trabalha com habilidade para tentar emplacar seu sucessor.

Rui ainda busca consolidar um nome no seu partido. Nos bastidores, no entanto, conversa com outras legendas e se não chegar a um alinhamento com o senador Rodrigo Cunha, presidente estadual do PSDB, deve trabalhar o nome de um aliado. Se

conseguir levar seu nome para o segundo turno – e principalmente se for vitorioso – Rui sairá fortalecido e deverá se consolidar como nome de oposição a Renan Filho.

Também na oposição, mas numa aparente dissidência, Rodrigo Cunha continua apostando as fichas no deputado federal João Henrique Caldas (PSB). Uma vitória de JHC fortalece as chances do senador também disputar o governo em 2022. O senador também trabalha para conseguir um bom resultado em Arapiraca, mas lá a situação é mais complicada porque o prefeito Rogério Teófilo (PSDB), tem enfrentado  baixa aprovação.

Na base do governo de Renan Filho, dois deputados federais tem sido “lembrados” por aliados como potenciais candidatos. Marx Beltrão (PSD) e Isnaldo Bulhões Junior (MDB) não escondem dos mais próximos que topariam o “desafio”.

Mas por enquanto é o vice-governador Luciano Barbosa (MDB), ao que parece, o nome mais forte para disputar a sucessão dentro do grupo palaciano.

A condição de vice ajuda e muito, especialmente no caso de um eventual afastamento de Renan Filho.

Mas para chegar lá, Barbosa precisa se fortalecer em Arapiraca. Ele seria um forte candidato a prefeito do município. Seria…

Mas como revela um interlocutor muito próximo do vice-governador, “a tendência é disputar o governo do estado”.

Salvo fato novo e as articulações do deputado federal Arthur Lira (PP) e do presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Marcelo Victor (SD), Luciano, Rui e Rodrigo devem sair das eleições deste ano de olho na cadeira que hoje é ocupada por Renan Filho. No cenário de hoje, um deles tem chances de chegar lá. Mas essa é outra história.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Manoel ciriaco

    Luciano PF ? Ta de brincDeira ne ? Apelido dele é lulu da PF , cara envolvido roubo transporte escolar , cara teve filha presa desvio na saude . Nem pra vereador de arapiraca ele ganha mais

Comments are closed.