Senador de Alagoas lidera índice de aprovação de projetos no Senado
   10 de fevereiro de 2020   │     7:30  │  4

O levantamento do (M)dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles, mostra que o índice de produtividade, ou seja, a transformação das propostas em leis pelos parlamentares no Senado Federal, gira em torno de 5%.

Embora os senadores tenham apresentado 5.211 projetos de lei em 2019, pouco mais de 5% deles, 267, foram efetivamente aprovados pela Casa.

Segundo o (M)dados, quem atingiu o maior índice de conversão de projetos, 21%, foi o senador Renan Calheiros (MDB-AL), com 3 das suas 14 proposituras aprovadas.

Além dele, o presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP), Roberto Rocha (PSDB-MA) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) ficaram acima dos 10%.

Em retrospecto, em 2011 e 2015 (anos de início de legislatura) a média foi, respectivamente, de 62% e 8,97%. Em 2011, assumiam os 54 senadores eleitos na eleição de 2010 (54ª legislatura) e, em 2015, os 27 que saíram vitoriosos do pleito de 2014 (55ª legislatura).

No primeiro ano do comparativo, os senadores apresentaram bem menos matérias: 831. Em compensação, conseguiram fechar 2011 com 517 delas já aprovadas.

Depois, em 2015, houve um salto no número de projetos, que atingiram a marca de 4.760. Dessas, 427 tiveram suas tramitações concluídas até o final daquele ano.

Veja aqui o levantamento na íntegra:

Senado: produtividade cai em 2019 e só 5% dos projetos passam

 

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Silvio

    Infelizmente os comentários é mais sobre a quantidade de aprovação dos projetos apresentados, porém não fala dos conteúdo dos projetos e os benefícios que trouxeram tanto ao estado como a população de maneira geral.A grande maioria dos projetos aprovados tem como objeto beneficiar os grupos políticos e suas empresas. Na maioria das vezes é mais honesto aprovar um projetos que tenha no seu objeto melhoria em geral para população em vez de 20 que só beneficiam os grupos empresarial.

  2. Fabricio Vilela

    Gostem ou não, Renan sempre foi o que mais trabalha. Graças a ele o governo estadual tem andado. Não se enganem.
    Mas fica a dúvida: cadê mesmo aquele senhor jovem q ia fazer a diferença? Eu heinnn
    Gogó demais e atuação de menos. O senado não é para amadores.

  3. Gustavo Acioli

    O Cade o Senador do Novo, Jovem que faria a diferença na Politica Alagoana, o Senador Rodrigo Cunha ? Grande decepção esse Politico, Joguei meu VOTO FORA …

  4. Lion

    Estamos ruim em representação legislativa. E pior ainda em propositura de projetos e leis. Realmente precisamos mudar, trocar…

Comments are closed.