Vice de Rui, Marcelo Palmeira surpreende, vai para o PSC e apoia Gaspar
   3 de março de 2020   │     21:25  │  0

O vice-prefeito de Maceió está desembarcando – agora oficialmente – do Progressistas – não só da presidência do diretório de Maceió, mas também da legenda. Marcelo

Palmeira surpreendeu os meios políticos nesta terça-feira, 3, ao anunciar sua filiação ao PSC, que tem a frente do diretório estadual  prefeito de Pilar, Renato Filho e faz parte do grupo do governador Renan Filho (MDB).

A expectativa inicial era a migração de Marcelo para o Cidadania. Ele e mais um grupo de mais de 30 pré-candidatos a vereador. A chapa está pronta e tem possibilidade, segundo vários analistas, de eleger até três nomes.

“É uma chapa completa, com potencial para 50 mil votos”, aponta o fiel escudeiro de Renato Filho que trabalhou nos bastidores para viabilizar a filiação de Palmeira ao PSC: “o partido, sob o comando do prefeito de Pilar, é o único que tem chapa formada desde já para vereador na capital”, emenda.

A aliança, avisa o escudeiro, vale para este ano e para 2022. “O grupo que já tinha o prefeito Renato e a deputada Fátima Canuto, entre outras lideranças, agora se fortalece com a chegada de Marcelo”, avalia.

O presidente estadual do PSC foi além. Ele convidou Marcelo para a assumir a presidência do partido em Maceió. E ele aceitou.

“Fico feliz de em tão pouco tempo no partido colocá-lo em lugar de destaque e fechando a parceria com o vice-prefeito de Maceió no arco de aliança do Governador Renan Filho. Além do mais, o partido bem se fortalecendo no interior e será uma das grandes revelações de 2020”, diz Renato.

Seguindo os passos

Marcelo sempre foi apontado como um vice leal a Rui Palmeira. Ele chegou a colocar seu nome á disposição para uma disputa majoritária. O projeto não evoluiu e o vice já se coloca como pré-candidato a vereador.

Acompanhar a decisão de Rui Palmeira no apoio a Alfredo Gaspar não parece ter sido um problema para Marcelo.

“Vamos marchar com dr Alfredo Gaspar. Agora é olhar para frente. O momento é de mudança de gestão já que Rui Palmeira não tem direito a reeleição. A opção do grupo foi acertada.”, aponta.

Segundo Marcelo, Alfredo é “experiente, honrou os cargos que exerceu (secretário de Segurança, promotor e procurador geral do Ministério Público) e tem experiência para conduzir a cidade Maceió. Foi isso que pesou na nossa decisão”, afirma.

Filiação

A filiação de Marcelo ocorreu no começo da noite desta terça-feira, durante encontro como Renato Filho. Marcelo avisa que vai levar todo o seu grupo – que ele vem montando há mais de um ano – para disputar a eleição de vereador pelo seu novo partido: “São 32 candidatos a vereador. Vamos trabalhar a questão partidária e fortalecer o PSC”, diz.

Ao lado de Renato Filho, Marcelo Palmeira anunciou a filiação ao PSC.