PDT de Ronaldo Lessa pode fechar aliança com o PT em Maceió
   5 de março de 2020   │     22:54  │  1

A política alagoana caminha para um novo rearranjo de suas principais forças políticas. Confirmada a aliança entre Renan Filho (MDB) e Rui Palmeira (sem partido) em torno da pré-candidatura de Alfredo Gaspar de Mendonça (sem partido), os partidos de esquerda e centro-esquerda apontam para a formação de uma coalização em torno de um candidato em Maceió.

O presidente do PDT e ex-governador Ronaldo Lessa surge como nome capaz de aglutinar as chamadas ‘forças democráticas’ nas eleições deste ano.

A possibilidade de uma aliança foi discutida, literalmente, na mesa de reunião na noite desta quinta-feira (5) num encontro que reuniu, além de Lessa, o deputado federal Paulão (PT-AL), dois pré-candidatos a prefeito do PT (Ricardo Barbosa e Luciana Caetano) e várias lideranças petistas.

As conversas de Lessa com outros partidos avançou depois que ele encerrou as ‘negociações’ com Rui Palmeira, na sexta-feira passada (28). O atual prefeito confirmou que fará vai apoiar o mesmo candidato do Palácio dos Palmares.

A reunião entre PDT e PT foi registrada nas redes sociais do PT de Alagoas.

“PT e PDT realizaram reunião nesta quinta, 5, para dialogar sobre cenário político de Maceió.

Participaram da reunião o ex-governador Ronaldo Lessa, pré-candidato a Prefeito de Maceió pelo PDT, deputado federal Paulão (PT), Ricardo Barbosa e Luciana Caetano, ambos pré-candidatos pelo PT, Lenilda Lima, Élida Miranda, Thomaz Beltrão e Marcelo Nascimento, presidente do PT em Maceió.”, diz a nota na conta do Facebook do PT.

Ampliando

“Essa reunião hoje foi uma provocação mutua entre o Ronaldo Lessa e a gente e a gente o Ronaldo, no sentido de a gente debater a possibilidade de uma alternativa da esquerda, da centro-esquerda, que venha se contrapor ao projeto das candidaturas que hoje despontam como sendo as candidaturas favoritas nesse cenário, que são as candidaturas do Alfredo e do JHC, ambas as candidaturas com perfil conservador e de direita. É justamente o que o PT combate e vai combater no processo eleitoral aqui em Maceió e no país inteiro. Vamos ver no que vai dar.”, aponta Ricardo Barbosa.

O presidente estadual do PT antecipa que as conversas terão continuidade. “Vai sair daqui dessa reunião uma próxima reunião. A gente já encaminhou essa próxima reunião do dia 20 de março, obviamente mais ampla, com mais partidos. A gente vai convocar. Vai ser uma reunião pública e até 20 de março vão rolar várias outras reuniões, bate-papos, cafés e outros fóruns, no sentido de a gente fomentar o debate sobre a possibilidade de uma candidatura no campo da esquerda, forte, musculosa, que tenha condições de fazer um bom debate no processo eleitoral de Maceió em 2020”

Tem mais

Como anunciado aqui, na semana passada, Lessa deve ter mesmo ‘surpresas’ e apoios inesperados. Pode anotar. A minha fonte garante que Ronaldo vai conseguir se viabilizar como candidato, com chaces reais de vitória. É conferir.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Valfran dos santos lima

    É por isso que este governo Renan Filho deita e rola cima do SINTEAL pois o sindicato no lugar de brigar pelos filiados vai fazer política com Ronaldo Lessa minha gente deixa a política de lado e vem lutar pelos seus filiados pois o estado já é falado que aqui só tem analfabeto vamos apertar este governo para ele implantar o piso de 2020 pois até aqui nem sequer da satisfação ao pessoal do nível médio pois já passa 2 meses e nada do piso.

Comments are closed.