Setor produtivo de AL apoia medidas contra avanço do coronavírus
   22 de março de 2020   │     20:32  │  0

Líderes do setor produtivo de Alagoas e representantes de entidades de classe declaram apoio às medidas preventivas ao novo coronavírus (Covid-19) estabelecidas pelo governo Alagoas, através do decreto de emergência nº 69.541, publicado na sexta-feira (20).

Apesar das restrições a diversos negócios, os representantes de diversos setores da economia avaliam que as medidas são necessárias para conter o avanço da pandemia.

A seguir, as declarações de dirigentes do setor produtivo alagoano.

– “Não adianta pensar apenas no momento para no futuro termos problemas ainda mais graves. Focando nisso, a ABIH está manifestando total apoio às normas decretadas pelo governador de Alagoas”, afirmou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) de Alagoas, André Santos.

– “As empresas setor sucroenergético apoiam os esforços do governo e estão adotando medidas para conter o avanço do novo coronavírus entre seus colaboradores, além de contribuir com ações como a doação de álcool para as autoridades de saúde e dos demais órgãos públicos”, afirma Pedro Robério Nogueira, presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool em Alagoas (Sindaçúcar-AL) .

– “Apoio total ao decreto do governo. Seguimos todas as recomendações. E além de apoiar, o setor está a disposição, para ajudar no que for possível, o que for preciso do setor nós vamos ajudar. A essa altura, temos que estar todos juntos”, afirmou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Alagoas (Faeal), Álvaro Almeida

– “Sabemos que uma economia forte se faz com o setor produtivo funcionando em sua capacidade máxima, mas, para isso ser possível, os trabalhadores precisam estar bem fisicamente e psicologicamente, assim como a sociedade. É momento de pensar no coletivo”, defendeu o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio-AL), Gilton Lima.

– “O setor apoia as medidas governamentais na certeza de que deveremos diminuir ao máximo a curva do crescimento da epidemia em nosso estado para que possamos atender, de uma forma mais profissional e humana, os nossos possíveis pacientes dos grupos de risco, evitando, assim, uma superlotação de nossos hospitais e uma taxa de mortalidade grande em nossa sociedade”, ponderou o presidente do Maceió Convention & Visitors Bureau (MC&VB), Glênio Cedrim.

– “O Governo do Estado conta com todo o apoio da entidade, tanto do ponto de vista estratégico como econômico. Estamos dispostos a ir ao total enfrentamento para que possamos devolver ao nosso estado a normalidade e no menor espaço de tempo possível”, declarou o presidente da Associação Comercial de Maceió, Kennedy Calheiros.

– “Estamos todos muito unidos nestas ações de plena responsabilidade para com a vida, em primeiro lugar. O CCC & VB parabeniza o governador e seu secretariado”, declarou presidente do Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCC & VB), Luiz Cláudio Gonçalves, o “Lula”.

– O Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado de Alagoas (Sincadeal) também em nota manifestou apoio ao decreto do governo.

Saiba mais: Setor produtivo apoia medidas de combate ao coronavírus adotadas pelo Governo de AL