A fuga de Weintraub: “precisamos proteger a Educação de gente assim”
   25 de junho de 2020   │     23:27  │  1

A retificação feita pelo governo federal na data de exoneração do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub confirma a existência de fraude no ato, segundo o subprocurador-geral do Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Furtado disse.

“Antes, era ilegal e parecia haver fraude. Agora, confirmou. Em uma questão tão sensível, não se pode falar em mero erro”, disse Furtado em entrevista ao Estadão/Broadcast

Para o senador Renan Calheiros (MDB-AL), “a fuga de Weintraub do Brasil e sua última canetada para retirar direitos dos negros mostram que o governo se apequena em suas próprias crises, manobras e picuinhas”.

Renan Calheiros defende a aprovação do Novo Fundeb “para proteger a Educação de gente assim e garantir ajuda da União aos estados.”

Saiba mais: “Antes, era ilegal e parecia haver fraude. Agora, confirmou”, diz TCU sobre fuga de Weintraub para os EUA

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Luciano Carvalho

    O que o “nobre” senador acha da eminente prisão do seu ex-colega de ministério “progressiva” que foi pego na nova fase da lava-jato. E desse tipo de ministro que o Brasil precisa ?

Comments are closed.