Pesquisa: cai avaliação de presidente e governadores no combate a pandemia
   26 de junho de 2020   │     18:42  │  1

É o que aponta a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo”. A aprovação do presidente Jair Bolsonaro, governadores e prefeitos de todo o país está em queda quando o assunto é combate a pandemia do novo coronavírus.

A aprovação de Bolsonaro no combate a pandemia no levantamento, realizando em todo o país nos dias 23 e 24 de junho, é de 27%. A reprovação, soma de ruim e péssimo, chega a 49%.

A avaliação dos governadores também está em queda, segundo o Datafolha. Na média nacional (os entrevistados dão opinião sobre o governo de seus Estado), “após aprovação de 58% no início de abril, o índice recuou para 50% no final de maio, e agora chegou a 44%”.

No mesmo período, a reprovação ao trabalho dos chefes do executivo estadual passou de 16% para 25% entre abril e maio, e em junho atingiu 29%. Para 26%, o desempenho dos governadores é regular, e 1% não opinou.

No corte regional, a índice mais elevado de aprovação aos governadores agora é registrado no Sul (61%, ante 68% no final de maio). No Nordeste, 50% aprovam o desempenho dos governadores (no levantamento anterior, 53%).

No conjunto das regiões Norte e Centro-Oeste, houve queda expressiva na aprovação, de 52% para 44%, e os governadores do Sudeste também sofreram baixa na avaliação positiva, de 42% para 35%.

Os resultados são de pesquisa feita nos dias 23 e 24 de junho, junto a 2016 brasileiros com 16 anos ou mais, em todas as regiões do país. Para evitar contato pessoal, as entrevistas foram feitas por telefone. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos considerando o total da amostra.

Para ter acesso a todos os números, é só acessar o Datafolha: Piora avaliação sobre ação dos governadores na crise sanitária

Reprovação de 44%

A reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) oscilou de 43% para 44% desde a última semana de maio e alcançou, numericamente, o índice mais alto desde o início de seu governo, considerando as metodologias de entrevista pessoal e telefônica empregadas pelo Datafolha nesse período.

A aprovação à gestão do atual presidente, na comparação com o levantamento telefônico do final de maio, oscilou de 33% para 32%, e a taxa dos que a avaliam como regular passou de 22% para 23% nesse período. Há ainda 1% que preferiu não opinar, ante 2% na pesquisa anterior.

Os resultados são de pesquisa feita nos dias 23 e 24 de junho, junto a 2016 brasileiros com 16 anos ou mais, em todas as regiões do país. Para evitar contato pessoal, as entrevistas foram feitas por telefone. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos considerando o total da amostra.

Entre os brasileiros com menor grau de escolaridade, 40% consideram o governo Bolsonaro ruim ou péssimo (eram 36%), reprovação que fica em 43% no grupo com escolaridade média, e vai a 53% entre quem tem curso superior (eram 56%).

Para ter acesso a todos os números, é só acessar o Datafolha:  Bolsonaro é reprovado por 44%

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Nelson

    A Folha de São Paulo vivendo seus últimos dias… está tão obcecada pelo Bolsonaro que não sabe que a Suprema Côrte do Deuses do Olimpo retirou o Presidente do Comando da Covid, e destribuiu com os Governadores e Prefeitos Lula livre, a missão de coordenar a operação Covid 19. Lascou foi tudo, o que tem desses gestores sendo visitado pela Polícia Federal kkkkkkkkkk kkkkkkkkkk.
    Com Bolsanano até 2050 dá-lhe Mito…chora Mídia Esquerdopata.

Comments are closed.