Principal adversário de RF em 2018, Josan vai disputar prefeitura de Maceió
   31 de julho de 2020   │     18:35  │  1

Na onda que levou Jair Bolsonaro à presidência em 2018, Josan Leite se transformou, na reta final das eleições de 2018, no principal adversário de Renan Filho. Teve 143 mil votos (11,06% dos válidos), mais do que apontavam os institutos de pesquisa e ficou em segundo lugar.

Seu melhor desempenho foi em Maceió. Foram 71,5 mil votos ou 19,28% dos válidos.

Se conseguir repetir esse resultado nas eleições deste ano terá chances de ir ao segundo turno numa cenário eleitoral em que apenas um pré-candidato, até o momento, tem mais de 20% de intenções de voto.

Uma eleição, no entanto, nunca é igual a outra. Mas Josan, agora pré-candidato a prefeito de Maceió pelo Patriota (em 2018 ele disputou pelo PSL), continua apostando no “fenômeno” do ‘bolsonarismo’.

“Fui candidato à governador ao lado do presidente Bolsonaro, e estou com ele mais que nunca.”, avisa.

Lembrando que Jair Bolsonaro teve mais de 52% dos votos no primeiro turno e mais de 61% no segundo turno em Maceió.

A capacidade de transferência de voto de Bolsonaro é indiscutível. Os números de todas as pesquisas mostram que ele será um eleitor de “peso” nas eleições deste ano.

Apesar dos resultados da última eleição e da associação à imagem do ‘bolsonarismo’, Josan ainda não teve o nome citado em pesquisas e nem vem sendo considerado pelos principais analistas políticos – o que pode ser um erro dado o crescimento dele nos últimos dias da eleição de 2018.

No debate

Pela regra eleitoral, Josan Leite terá um tempo pequeno no guia eleitoral. Algo entre 15 e 20 segundos por horário no rádio e TV, fora inserções. Mas como seu partido tem representação de mais de 5 parlamentares na Câmara dos Deputados, ele terá direito a participar de todos os debates eleitorais.

“Sou pré-candidato a prefeito”

Atendendo questionamento do blog, Josan mandou o seguinte texto, por aplicativo:

“Sou Josan Leite Pereira Barros, sou pré-candidato à Prefeito de Maceió, pelo partido Patriota, com a Graça de Deus.

Fui candidato à governador ao lado do presidente Bolsonaro, e estou com ele mais que nunca. Sou defensor do empreendedorismo, das liberdades individuais, do melhor ordenamento das instituições de Estado, da otimização de uso dos recursos públicos e do fim das mordomias.

Defendo a diminuição dos gastos públicos, para que haja a redução de impostos. Sou Mentor Empresarial ajudo empresários a crescer de forma técnica e segura. Enfim, estas são algumas posições que me colocam como um candidato de direita.

Observo, agora, um momento muito oportuno para uma candidatura de direita e sem conchavos políticos. Tivemos o compromisso do partido de conceder total liberdade para a criação de um diretório municipal, sem políticos de “carreira” e constituindo, o nosso futuro secretariado, de pessoal mais técnico possível para que possamos promover uma reforma total na administração pública de nossa Maceió, favorecendo o Cidadão e não os políticos.

Para mim política não pode ser vista como profissão, onde as pessoas entram como vereador ou deputado, e passam toda uma vida pensando em progressão de cargos e salários. Para mim política é missão, prestação de serviço temporário ao cidadão.

Sou engenheiro, tenho duas especializações na área de administração de empresas, fui um dos fundadores em Alagoas do movimento jovem empreendedor, atuo na esfera empresarial, sou consultor, master COACH, Mentor Empresarial, já atuei em obras de infraestrutura em geral, edifícios, loteamentos, fui engenheiro da primeira ampliação do antigo Iguatemi, da construção do prédio sede da Polícia Federal, já fiz obras de túnel e construção e recuperação de pontes, etc.

Por falar em pontes essa será minha missão: construir uma ponte sobre a velha política alagoana, levando Maceió do atraso tecnológico e abandono e omissão da atual gestão, para uma Cidade Inteligente, tecnológica, eficiente e voltada em atender os interesses dos Cidadãos.
Acordo cedo, sou atleta e colocarei toda minha energia para fazer tudo que Maceió precisa e merece, para ser um dos melhores lugares para se viver e se investir de nosso país.”

Josan Leite, durante ato de filiação ao Patriota. Sua pré-candidatura foi confirmada pela Executiva do partido em Alagoas

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Breno Oliveira

    É.um bom nome, guerreiro da ativa direita mas com pouco crédito entre os chamados líder da direita aqui, podemos dizer até os bolsonaristas que tem o deputado Cabo Bebeto como líder nato preferem apoiar outro para não dividir o protagonismo. Assim como o Josan foi preferido o Léo Dias será da mesma forma, o Cabo preferiu apoiar o delegado!

Comments are closed.