Mais um ex-prefeito confirma candidatura majoritária em Maceió
   13 de setembro de 2020   │     22:40  │  0

Quatro ex-prefeitos de Maceió vão às urnas este ano, para tentar a volta à vida pública. Dois tentam retornar ao cargo que já ocuparam e outros dois disputam vagas de vereador e de vice-prefeito.

Corintho Onélio Campelo da Paz (PMN) é mais um ex que confirmou o nome na disputa. Ele foi prefeito pelo antigo de 14 de maio de 1982 a 15 de março de 1983.

Prefeito eleito pela Assembleia Legislativa do Estado (á época a eleição era indireta nas capitais), Corintho que teve o nome confirmado na convenção do PMN neste domingo, quer voltar ao cargo pelo voto popular. Antes de filiar ao PMN, Campelo sempre foi do PDT.

Ronaldo Augusto Lessa Santos (PDT), foi prefeito de Maceió de 1º de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996 pelo PSB. Tentou voltar ao cargo em 2012, mas se tornou inelegível às vésperas da eleição. Era um dos principais nomes na disputa até desistir para se tornar candidato a vice do ainda pré-candidato do PSB, o deputado federal JHC.

Prefeita de Maceió por dois mandatos, de 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2004, Kátia Born Ribeiro (PDT), chegou a pensar em disputar a prefeitura, mas abriu mão em função da candidatura de Ronaldo Lessa. Agora, a ex-prefeita tenta voltar a Câmara de Vereadores da capital. Lembrando que ela foi vereadora antes de ser prefeita.

José Cícero Soares de Almeida o ‘Cícero Almeida’ (DC) também foi prefeito por dois mandatos, de 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012. Ele tentou voltar ao cargo em 2016, mas perdeu no segundo turno para Rui Palmeira (sem partido).

Agora, Almeida tem una nova chance. As condições não são as mesmas da eleição anterior, mas o ainda pré-candidato está conseguindo, na reta final das convenções, ampliar o palanque e deve ganhar o apoio de mais alguns partidos até o próximo dia 16.

Oficializando

Até agora já foram oficializadas 3 destas quatro candidaturas. “Agora é oficial a minha candidatura como vereadora”, registrou Kátia Born após a convenção do PDT em seu Instagram.

Na mesma convenção, realizada no sábado (12) também foi oficializado o nome e Lessa como candidato a vice: “Hoje em nossa convenção municipal do diretório em Maceió, colocamos os nomes dos pré-candidatos a vereador e do pré-candidato a vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, a disposição dos nossos correligionários. E por maioria as candidaturas de todos foram homologadas”, diz nota publicada no Instagram do PDT.

A candidatura de Almeida será oficializada no próximo dia 16.

A candidatura de Cortinho foi oficializada neste domingo (13). A assessoria dele mandou nota sobre a reunião. Veja

Em convenção, Corintho assume compromisso com a povo de Maceió

A Convenção do PMN, realizada na tarde deste domingo, 13, homologou as candidaturas dos engenheiros Corintho Campelo e Gildelson Sampaio para prefeito e vice-prefeito de Maceió. Na ocasião, foram lançados vinte candidatos para o legislativo municipal. A convenção foi realizada no Instituto Carlos Conce, com a presença de aliados e lideranças da sociedade civil.

Corintho Campelo foi protagonista de grandes êxitos como prefeito de Maceió, entre os anos de 1982 e 1983, sendo responsável pela execução de trinta e cinco obras e ações estruturantes na capital. Com uma trajetória de trinta anos de vida pública, Corintho defende a implantação do projeto “Transformar Maceió”, que tem a finalidade de garantir a participação popular na gestão municipal.

Aos convencionais, o candidato Corintho registrou que a proposta é construir uma alternativa às forças políticas de Alagoas. “Essa gente destruiu tudo em Alagoas, inclusive a esperança dos maceioenses. Era preciso que alguém se levantasse para dar o primeiro passo. E acho que tenho essa missão a cumprir em minha vida. Nós temos dois apoios, o de Deus e o do povo. Isso nos basta para fazer as verdadeiras transformações. O nosso compromisso é com o povo de Maceió”, destacou Corintho.

Corintho Campelo teve nome confirmado como candidato a prefeito pelo PMN neste domingo (13)